Reconstruir a casa: habitações e nomadismos em poéticas da memória

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267822022114

Palavras-chave:

processo de criação, casa, objeto, memória, ficção

Resumo

Este artigo insere-se no âmbito dos estudos sobre processos de criação, e apresenta produções das artistas visuais (Artista 1) e (Artista 2), que, convivendo como participantes no projeto de pesquisa (Nome do Projeto/ Instituição), coordenado pela Profa. Dra. (Nome da orientadora), descobriram possuir aproximações em suas poéticas e práticas artísticas. Os trabalhos apresentados articulam memórias afetivas das casas já habitadas pelas artistas, narrativas familiares, relações entre memória e fabulação, coleta de materiais do cotidiano e procedimentos de restauração e costura, assim como interlocuções entre artes visuais, literatura e filosofia dentro de seus referenciais teóricos. Os deslocamentos físicos e conceituais marcam nomadismos do próprio conceito de casa nas produções das artistas, enquanto processo constante de reconstrução de afetos, desejos e identidades que é externalizado e construído através da manipulação e transmutação de materiais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luanda de Oliveira Rainho Ribeiro, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC - PPGAV)

Mestranda bolsista CAPES em Artes Visuais pela Universidade do Estado de Santa Catarina, na linha de Processos Artísticos Contemporâneos (2020 – 2022), sob orientação da Profª. Dra. Sandra Maria Correia Favero. Pesquisa narrativas ficcionais, memória e fabulação.

Luiza Rodrigues Reginatto, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC/PPGAV

Mestranda bolsista CAPES em Artes Visuais pela Universidade do Estado de Santa Catarina, na linha de Processos Artísticos Contemporâneos (2020 – 2022), sob orientação da Profª. Drª. Sandra Maria Correia Favero. Pesquisa memória em paisagens reais e imaginárias.

Sandra Maria Correia Favero, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC/PPGAV

Professora efetiva no Departamento de Artes Visuais e no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina. Doutora em Poéticas Visuais pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA USP). Pesquisa gravura, memória, natureza, caminhadas e poéticas contemporâneas.

Referências

BACHELARD, Gaston. A poética do espaço. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

BENJAMIN, Walter. Rua de Mão Única: Infância berlinense: 1900. 1. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2020.

BOURGEOIS, Louise. Destruction of the father, reconstruction of the father. Writings and interviews, 1923 – 1997. Londres: MIT Press, 1998.

COCCIA, Emanuele. A vida das plantas: uma metafísica da mistura. Desterro [Florianópolis]: Cultura e Barbárie, 2018.

COUTO, Mia. Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra. São Paulo: Companhia das letras, 2002.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. O que é a filosofia? 3. ed. São Paulo: Editora 34, 2010.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Cascas. São Paulo: Editora 34, 2017.

DUQUE-ESTRADA, Elizabeth Muylaert. Devires Autobiográficos: a atualidade da escrita de si. Rio de Janeiro: NAU/Editora PUC-Rio, 2009.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. (2019). Resenha: Nadine Werner. Archäologie des Erinnerns. Sigmund Freud in Walter Benjamins “Berliner Kindheit [Arqueologia do lembrar. Sigmund Freud na “Infância em Berlim” de Walter Benjamin]. Wallstein Verlag, Göttingen, 2015. Revista Limiar, v. 3, n. 6, São Paulo, 2016.

MANSFIELD, Katherine. Algumas cartas e trechos do diário. Ilha de Santa Catarina: Editora Noa Noa, 1988.

PASSOS, Heloisa. Ficção e não ficção nos encontros entre memória e imaginação. Sesi cultura Paraná, 02 de setembro de 2021. 1 vídeo (1h:54min). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Pg7mjLWA5kk. Acesso em: 2 set. 2021.

SALLES, Cecilia Almeida. Gesto inacabado: processo de criação artística. 5. ed. São Paulo: Intermeios, 2011.

SCHULKIND, Jeanne. Introdução. In: WOOLF, Virginia. Momentos de vida. Rio de janeiro: Nova Fronteira, 1986, p. 15 – 30.

TARTT, Donna. O pintassilgo. São Paulo: Companhia das letras, 2014.

WOOD, James. A coisa mais próxima da vida. São Paulo: SESI-SP editora, 2017.

WOOLF, Virginia. Ao Farol. 1. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2021.

Downloads

Publicado

2022-10-06

Como Citar

RIBEIRO, L. de O. R.; REGINATTO, L. R.; FAVERO, S. M. C. Reconstruir a casa: habitações e nomadismos em poéticas da memória. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 8, n. 2, p. 114-131, 2022. DOI: 10.5965/24471267822022114. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/22385. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos Seção temática