CRIAÇÃO: descobrindo um percurso hibrido

Autores

  • Deni Dias IA/UNESP

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267622020100

Palavras-chave:

processo de criação , criação coletiva , artes visuais

Resumo

A pesquisa desenvolveu-se a partir do uso do corpo em vivências lúdicas em diálogo com a produção plástica do artista propositor, integrando uma poética pessoal e uma vivência pedagógica em Artes Visuais. Os trabalhos produzidos durante esse processo provocaram uma inquietação que instigaram a pesquisa sobre: criação artística, corpo como suporte, experiência estética, exploração de materiais e produção coletiva. Na linha pedagógica a intenção foi criar estratégias que levassem os participantes a explorarem o universo da arte, ampliando seu conhecimento artístico através do Método P.E.R.A, Yoshiura (1982). Na linha artística havia a busca de uma singularidade poética que de maneira muito sutil já trazia a união de técnicas e suportes, configurando-se como uma Hibridação Interformativa, Valente (2008), desse processo resultaram as séries Desplante e Azuis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Deni Dias, IA/UNESP

CLADENIR DIAS DE LIMA: Artista Pesquisador, Doutorando em Artes pelo IA/UNESP-SP, mestre em Artes Visuais pelo IA/UNESP-SP - 2013. PósGraduado em Gestão Cultural - SENAC/Rio - 2010. Graduado em Pedagogia pela UNESP/UNIVESP - 2013 e Artes Plásticas pela FAAC/UNESP – Bauru/SP - 2003. Professor do curso de Licenciatura em Arte da Faculdade Santa Cecília - Pindamonhangaba/SP. Integrante do Grupo de Pesquisa Poéticas Hibridas coordenado pelo Prof. Dr. Agnus Valente e Prof. Dr. Wagner Cintra. (12) 996252017 email: deny.jaba@bol.com.br

Referências

BARBOSA, Ana Mae. Inquietações no ensino da arte. São Paulo: Cortez, 2002.

BARTHES, Roland. A câmara Clara: nota sobre a fotografia. Trad. Júlio Castañon Guimarães. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2011.

DERDYK, Edith. O desenho da figura humana. São Paulo: Scipione, 1990.

DEWEY, John. Arte como experiência. Sã Paulo: Abril Cultural, 1974.

DOMINGUES, Diana. A Arte do séc. XXI: a humanização das tecnologias. São Paulo: UNESP, 1997.

FLUSSER. Filosofia da caixa preta – ensaios para uma futura filosofia da fotografia. Rio de Janeiro: Sinergia Relume Dumará, 2009.

GARCIA, Wilton (org). Corpo e Subjetividade: estudos contemporâneos. São Paulo: Factash Editora, 2006.

GERMANO, Nardo. Auto-retrato coletivo: Poéticas de Abertura ao Espectador na [des] Construção de uma Identidade Coletiva. Dissertação de Mestrado em Artes Visuais – Escola de Comunicações e Artes - ECA/USP, São Paulo, 2007.

HALL, Stuart. A Identidade Cultural na Pós-Modernidade. São Paulo: DP&A Editora, 2005.

JEUDY, Henri – Pierre. O corpo como objeto da Arte. Trad. Tereza

Lourenço. São Paulo: Estação Liberdade, 2002.

MATESCO, Viviane. Corpo: imagem e representação. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009.

PAREYSON, Luigi. Os problemas da estética. Tradução de Maria Helena Nery Garcez, São Paulo: Martins Fontes,1997.

______________. Estética – Teoria da Formatividade. Tradução de Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis: ed. Vozes, 1993.

PIRES, Beatriz Ferreira. O corpo como suporte da Arte. São Paulo: Ed. SENAC, 2005.

PLAZA, Júlio e Mônica Tavares. Processos criativos com os meios eletrônicos: Poéticas digitais. São Paulo: Hucitec, 1998.

SALLES, Cecília Almeida. Gesto inacabado: processo de criação artística. São Paulo: Annablume, 1998.

_________________. Redes de criação. Vinhedo: Horizonte, 2006.

SANTAELA, Lucia. Corpo e Comunicação – sintoma da cultura. São Paulo: Paulus, 2004.

SHUSTERMAN, Richard. Vivendo a Arte: o pensamento pragmatista e a estética popular. São Paulo: Editora 34, 1998.

VALENTE, Agnus. Útero portanto Cosmos: Hibridações de Meios, Sistemas e Poéticas de um Sky-Art Interativo. 2008. Tese de Doutorado em Artes Visuais. São Paulo: Escola de Comunicações e Artes -ECA/USP, 2008.

YOSHIURA, Eunice Ferreira Vaz. Desenvolvimento criativo: uma proposta metodológica e sua verificação. Dissertação de mestrado. São Paulo: Escola de Comunicação e Artes -ECA/USP, 1982.

_____________. Constituição do Sujeito receptivo na comunicação – a experiência estética como caminho . ANNABLUME, São Paulo, 2009.

Downloads

Publicado

2020-09-14

Como Citar

DIAS, D. CRIAÇÃO: descobrindo um percurso hibrido. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 6, n. 2, 2020. DOI: 10.5965/24471267622020100. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/17545. Acesso em: 28 set. 2022.