APROXIMAÇÕES DA EXPERIÊNCIA ESTÉTICA INTEGRAL: O SABER, O FAZER E O SENTIMENTO ESTÉTICO

Autores

  • Taíze dos Santos Batistti FURB
  • Marcia Regina Selpa Heinzle FURB

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267322017008

Palavras-chave:

experência estética, artes visuais , formação de professores

Resumo

Neste artigo busca-se analisar, a partir dos dizeres dos licenciandos do curso de Artes Visuais PARFOR/FURB, aproximações da experiência estética integral (DEWEY, 2010), considerando o saber, o fazer e o sentimento estético. Para tanto, nesta pesquisa de abordagem qualitativa adotou-se como instrumento de geração de dados uma entrevista semi-estruturada com seis licenciandos do curso de Artes Visuais. Como procedimento de análise destas entrevistas, realizou-se uma análise textual discursiva (MORAES; GALIAZZI, 2011). A perspectiva teórica adotada neste estudo está apoiada nas ideias de John Dewey, obra “Arte como experiência”.  A partir das análises das entrevistas, foi possível encontrar duas categorias que se relacionam entre si: materiais artísticos e percepção. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Taíze dos Santos Batistti, FURB

Mestrado em Educação pela Universidade Regional de Blumenau (2016, Graduação em Licenciatura em Artes Visuais pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci (2011), e Graduação em Tecnólogo em Processos de Produҫão do Vestuário pelo Senai (2007). Atua como professora de Artes na Rede Municipal de Ensino de Rio do Sul (PMRS). Tem experiência na área de Arte Educação, com ênfase em Ensino de Artes Visuais.

http://lattes.cnpq.br/4293803945808450

Marcia Regina Selpa Heinzle, FURB

Doutorado em Educação- UNICAMP. Professora e Pesquisadora no Programa de Pós-Graduação em Educação. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Superior GEPES -FURB. Coordenadora Adjunta do Programa de Pós-Graduação Mestrado em Educação. Ênfase nos seguintes temas: Educação Superior; Políticas educacionais: currículo e avaliação; Metodologias Ativas; Docência Universitária.

http://lattes.cnpq.br/2126906615248091

Referências

BARBOSA, Ana Mae Tavares de Bastos. Tópicos utópicos. Belo Horizonte. Ed. C/Arte, 1998.

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa em educação. 12.ed. 1999.

DEWEY, John. Arte como experiência. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

HERNANDEZ, Fernando. Cultura visual, mudança educativa e projeto de trabalho. Porto Alegre: Artmed, 2000.

LAMPERT, Jociele (Org.). Sobre ser artista professor. UDESC, 2016.

MORAES, Roque; GALIAZZI, Maria do Carmo. Análise textual discursiva. Ijuí: Unijuí, 2011.

Downloads

Publicado

2017-07-10

Como Citar

BATISTTI, T. dos S.; HEINZLE, M. R. S. APROXIMAÇÕES DA EXPERIÊNCIA ESTÉTICA INTEGRAL: O SABER, O FAZER E O SENTIMENTO ESTÉTICO. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 3, n. 2, 2017. DOI: 10.5965/24471267322017008. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/10076. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Seção temática