1.
Voigt AF. Nem moderno, nem pós-moderno: Jacques Rancière e os regimes de identificação das artes. Urdimento [Internet]. 7º de julho de 2014 [citado 19º de junho de 2024];2(23):063-82. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573102232014063