[1]
Y. Gushiken, “Memória dos bárbaros no jardim dos civilizados: corpo e vídeo no pensamento coreográfico de Montalvo-Hervieu”, Urdimento, vol. 1, nº 22, p. 233 - 246, jul. 2014.