Universidade e repressão política: o acesso aos documentos da assessoria especial de segurança e informação da Universidade Federal do Espírito Santo (AESI/UFES)

Autores

  • Pedro Ernesto Fagundes Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175180305102013295

Resumo

O principal objetivo deste artigo é apresentar os problemas relacionados ao acesso aos documentos da Assessoria Especial de Segurança e Informação da Universidade Federal do Espírito Santo (AESI/UFES). Criada no âmbito do Ministério da Educação e Cultura e atuando no sistema coordenado pelo Serviço Nacional de Informação (SNI), a AESI/Ufes funcionou entre 1971 e 1983 e teve como principal  tarefa o monitoramento das atividades da comunidade universitária.

Palavras-chave: Ditadura Militar. Universidade Federal do Espirito Santo. Aesi. Asi. Brasil - história.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Ernesto Fagundes, Universidade Federal do Espírito Santo

Professor do Departamento de Arquivologia da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e professor permanente do Programa de Pós-graduação em História (PPGHIS - UFES).

Doutor em História Social (UFRJ)

Downloads

Publicado

2013-12-12

Como Citar

FAGUNDES, P. E. Universidade e repressão política: o acesso aos documentos da assessoria especial de segurança e informação da Universidade Federal do Espírito Santo (AESI/UFES). Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 5, n. 10, p. 295 - 316, 2013. DOI: 10.5965/2175180305102013295. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180305102013295. Acesso em: 27 nov. 2021.