Escreviver o passado, cenaviver o presente: historiografia sobre cultura marginal no Piauí

Autores

  • Edwar de Alencar Castelo Branco Federal University of Piauí image/svg+xml
  • Fábio Leonardo Castelo Branco Brito Federal University of Piauí image/svg+xml

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175180305092013066

Palavras-chave:

historiografia, cultura marginal, Piauí

Resumo

O trabalho visa a refletir sobre o processo de constituição de uma historiografia sobre a cultura e a arte marginais no Piauí. Para tanto, procura discutir as maneiras como tal produção se configura confaz dentro e fora do ambiente acadêmico, no qual ganha uma maior visibilidade, tendo em vista a formatação de grupos e projetos de pesquisa dedicados ao seu estudo. Também pretende analisar de que forma a escrita historiográfica piauiense sobre o tema se relaciona com a que é produzida em âmbito a nível nacional, observando, especialmente, a inserção de autores locais em publicações coletivas de maior abrangência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edwar de Alencar Castelo Branco, Federal University of Piauí

Doutor em História e Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. Professor associado da Universidade Federal do Piauí.

Fábio Leonardo Castelo Branco Brito, Federal University of Piauí

Mestre em História. Professor substituto da Universidade Estadual do Piauí.

Referências

ALBUQUERQUE JÚNIOR, Durval Muniz. O arteiro e o poeta. In: CASTELO BRANCO, Edwar de Alencar. Todos os dias de Paupéria: Torquato Neto e a invenção da Tropicália. São Paulo: Annablume, 2005. p. 15-18.

______. A invenção do Nordeste e outras artes. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

ANDRADE, Paulo. Torquato Neto: uma poética de estilhaços. São Paulo: Annablume/FAPESP, 2002.

AYALA, Marcos; AYALA, Maria Ignez Novaes. Cultura popular no Brasil. São Paulo: Ática, 2002.

BARROS, José D’Assunção. Teoria da História: 1. Princípios e fundamentos. Petrópolis: Vozes, 2011.

BÉDARIDA, François. Tempo presente e presença da história. In: FERREIRA, Marieta de Morais; AMADO, Janaína. Usos & abusos da História Oral. 6. ed. Rio de Janeiro: Editora da FGV, 2005. p. 219-229.

BEZERRA, José Pereira. Anos 70: por que essa lâmina nas palavras? (Antiestética marginal & geração mimeógrafo no Piauí). Teresina: Fundação Cultural Monsenhor Chaves, 1993.

CANEVACCI, Massimo. Culturas eXtremas: mutações juvenis nos corpos das metrópoles. Tradução: Alba Olmi. Rio de Janeiro: DP&A, 2005.

CASTELO BRANCO, Edwar de Alencar. Todos os dias de Paupéria: Torquato Neto e a invenção da Tropicália. São Paulo: Annablume, 2005.

______; MONTEIRO, Jaislan Honório. Fotogramas táticos: o cinema marginal e suas táticas frente às formas dominantes de pensamento. In: NASCIMENTO, Alcides; VAINFAS, Ronaldo (Orgs.). História e Historiografia. Recife: Edições Bagaço, 2006. p. 97-118.

______. Artistas diaspóricos, literatos desviados: fanzines, cultura ordinária e literatura menor. In: ADAD, Shara Jane Holanda Costa; BRANDIM, Ana Cristina Meneses de Sousa; RANGEL, Maria do Socorro (Orgs.). Entre línguas: movimento e mistura de saberes. Fortaleza: Edições UFC, 2008. p. 61-75.

______. Rupturas instauradoras e funcionamento social da imagem no Brasil contemporâneo. In: CASTELO BRANCO, Edwar de Alencar (Org.). História, Cinema e outras imagens juvenis. Teresina: EDUFPI, 2009. p. 7-10.

CARDOSO, Ciro Flamarion. História e Paradigmas Rivais. In: CARDOSO, Ciro Flamarion; VAINFAS, Ronaldo (Orgs.). Domínios da História: Ensaios de Teoria e Metodologia. Rio de Janeiro: Elsevier, 1997. p. 1-23.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: 1. Artes de fazer. Tradução: Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis: Vozes, 1994.

______. A operação historiográfica. In: CERTEAU, Michel de. A escrita da história. Tradução: Maria de Lourdes Menezes. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2000.

CHAVES, Reginaldo Sousa. Flanar pela Cidade-Sucata compondo uma estética da existência: Roberto Piva e seu devir literário experimental. 2010. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Piauí - Teresina.

COELHO, Frederico. Eu, brasileiro, confesso minha culpa e meu pecado: cultura marginal no Brasil das décadas de 1960 e 1970. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

CORDEIRO JR, Barreto. Tropicalismo: fator de alienação ou de revisão crítica da realidade social? Teresina: Academia Piauiense de Letras, 1989.

COUTO FILHO, Durvalino. Os caçadores de prosódias. Teresina: Projeto Petrônio Portela, 1994.

DIAS, Claudete Maria Miranda. O Piauí que o Brasil não Vê: História, Arte e Cultura. In: SANTANA, R. N. Monteiro de (Org.). Apontamentos para a história cultural do Piauí. Teresina: FUNDAPI, 2003. p. 215-231.

FAVARETTO, Celso. Tropicália: alegoria, alegria. São Paulo: Kairos, 1979.

GALVÃO, Demetrios Gomes. A fabricação de Teresinas: subjetividades e imagens fotográficas na experiência teresinense do Salão Municipal de Fotografia. 2008. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Piauí - Teresina.

______. Ressonâncias no meio do caminho e/ou no caminho do meio: a poética infame dos fanzines. In: MUNIZ, Cellina Rodrigues (Org.). Fanzines: Autoria, Subjetividade e Invenção de Si. Fortaleza: Edições UFC, 2010. p. 81-97.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 1999.

KRUEL, Kenard. Torquato Neto ou A Carne Seca é Servida. 2. ed. amp. Teresina: Zodíaco, 2008.

LIMA, Frederico Osanan Amorim. Curto-circuitos na sociedade disciplinar: super-8 e contestação juvenil em Teresina (1972-1985). 2007. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Piauí – Teresina.

MACHADO, Paulo. Geração Pós-69. Apud: LIMA, Luiz Romero. Presença da literatura piauiense. 3. ed. Teresina: 2003. p. 234-236.

NERY, Emília Saraiva. Devires na música popular brasileira: Raul Seixas e as tensões culturais do Brasil nos anos 1970. 2008. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Piauí – Teresina.

PIRES, André Monteiro Guimarães Dias. A ruptura do escorpião: ensaio sobre Torquato Neto e o mito da marginalidade. São Paulo: Grupo Editorial Cone Sul, 1999.

QUEIROZ, Teresinha. A cultura brasileira no limiar do século XXI. In: EUGÊNIO, João Kennedy (Org.). Histórias de vário feitio e circunstância. Teresina: Instituto Dom Barreto, 2001. p. 302-319.

______. Historiografia piauiense. In: Do singular ao plural. Recife: Edições Bagaço, 2006. p. 151-160.

REIS, Flávio. Cenas marginais: fragmentos de Glauber, Sganzerla e Bressane. São Luís: Litograf, 2005.

SPINK, Mary Jane P.; FREZZA, Rose Mary. Práticas discursivas e produção de sentidos: a perspectiva da Psicologia Social. In: SPINK, Mary Jane P. (Org.). Práticas discursivas e produção de sentidos no cotidiano: aproximações teóricas e metodológicas. São Paulo: Cortez, 1999. p. 17-39.

TAVARES, Zózimo. Sociedade dos poetas trágicos: vida e obra de 10 poetas piauienses que morreram jovens. Teresina: Gráfica do Povo, 2004.

VELOSO, Caetano. Verdade Tropical. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

Downloads

Publicado

2013-06-21

Como Citar

CASTELO BRANCO, Edwar de Alencar; BRITO, Fábio Leonardo Castelo Branco. Escreviver o passado, cenaviver o presente: historiografia sobre cultura marginal no Piauí. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 5, n. 9, p. 66–85, 2013. DOI: 10.5965/2175180305092013066. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180305092013066. Acesso em: 25 fev. 2024.