O LOCAL DO TESTEMUNHO<em>THE PLACE OF TESTIMONY</em>

Autores

  • Márcio Seligmann-Silva UNICAMP

Resumo

O texto divide-se em quatro partes. Na primeira, apresenta-se uma  análise do conceito de testemunho, pensado em termos etimológicos, e de seu  significado como categoria que significa uma relação particular com o “real”.  Na segunda parte, estuda-se a relação do testemunho com as modalidades de  escritas do Eu, com ênfase nos conceitos de diário e autobiografia. Em um  terceiro momento, apresenta-se o significado político do testemunho, como  instrumento de construção de uma memória contra o esquecimento e de um  “trabalho de memória” com relação aos traumas sociais. Na quarta parte,  estuda-se a situação sui generis do Brasil, onde ainda não se conseguiu  instituir uma prática do testemunho e da sua recepção, com relação à ditadura  civil-militar de 1964-1985. Este artigo retoma a fala do autor no “I Congresso Internacional da Cátedra Jorge de Sena  - Andanças Prodigiosas da Literatura”, realizado na Faculdade de Letras da  Universidade Federal do Rio de Janeiro, em outubro de 2009, bem como, em  determinados momentos, partes de outros artigos dedicados à questão do  testemunho que escreveu nos últimos anos.


Palavras-Chave:  Testemunho. Memória. Trauma. Ditadura brasileira.


Abstract

This text has four  parts. 1) First it focuses on the concept of testimony, analyzing its etymology  and meaning as a special category that implies a singular relation with the  “real”. 2) It also discusses the relationship between the testimony and others  modalities of the writing in first person with emphasis on the concepts of  diary and autobiography. 3) After that, the text presents the political meaning  of the testimony, that works as a means of construction of a memory against the  oblivion as well as a “work of memory” concerning social traumas. 4) The last  section is dedicated to the study of the singular position of Brazil as a  country in Latin America that has not been able to create a political and  cultural space for the memory of the 1964-1985 dictatorship. This article  resumes the paper presented at the “I  Congresso Internacional da Cátedra Jorge de Sena - Andanças Prodigiosas da  Literatura”, that took place at the Faculdade de Letras of the Universidade  Federal do Rio de Janeiro, in October 2009, and it includes as well in some  moments parts of other already published articles.


Keywords: Testimony. Memory. Trauma. Brazilian dictatorship.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcio Seligmann-Silva, UNICAMP

Possui graduação em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1986), mestrado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1991), doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Freie Universität Berlin (1996), pós-doutorado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998, CNPq e 1999, FAPESP), pós-doutorado pelo Zentrum Für Literaturforschung Berlim (2002) e pós-doutorado pelo Department of German, Yale University (2005). É Professor livre-docente de Teoria Literária da Universidade Estadual de Campinas. Coordena o Projeto Temático FAPESP "Escritas da Violência". Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária e Literatura Comparada. Atua principalmente nos seguintes temas: romantismo alemão, teoria da tradução, testemunho, literatura e outras artes, teoria estética do século XVIII ao XX e a obra de Walter Benjamin.

Downloads

Publicado

2010-06-10

Como Citar

SELIGMANN-SILVA, M. O LOCAL DO TESTEMUNHO<em>THE PLACE OF TESTIMONY</em>. Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 2, n. 1, p. p. 03 - 20, 2010. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/tempo/article/view/1894. Acesso em: 12 ago. 2022.