Tensões entre memória e história em testemunhos: Getúlio Vargas e seu legado político nos relatos de Samuel Wainer e Carlos Lacerda

Autores

  • Jefferson José Queler Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

política, história, memória

Resumo

Analiso, neste artigo, dois testemunhos da história recente do Brasil, especialmente relacionados à era Vargas, produzidos por Samuel Wainer e Carlos Lacerda. Apesar de haverem apresentado seus relatos com o estatuto de história, indico que mecanismos da memória, tais como seleção e deformação, ambos ligados ao presente, permanecem em suas narrativas. Ademais, parece que muitos estudiosos não consideraram tais detalhes e integraram os pontos de vista deles sem criticá-los.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jefferson José Queler, Universidade Estadual de Campinas

Graduação em História pela USP e mestrado e doutorado em História pela Unicamp. 

Referências

ANSART, Pierre. “História e memória dos ressentimentos”. In: Maria Stella BRESCIANI e Márcia NAXARA. Memória e (res) sentimento. Campinas: Unicamp, 2004.

ARENDT, Hannah. A condição humana. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2001.

AUGÉ, Marc. Les formes de l’oubli. Paris: Manuels Payot, 1998.

BENEVIDES, Maria V. A UDN e o udenismo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

BOBBIO, Norberto. Direita e esquerda. São Paulo: Ed. UNESP, 2001.

CARVALHO, Aloysio Henrique Castelo de. A Opinião Pública e a CPI da Última Hora. 2000. Tese (Doutorado em História) - FFLCH-USP, São Paulo.

GOLDENSTEIN, Gisela Taschner. Do jornalismo político à indústria cultural. São Paulo: Sumus, 1987.

GOMES, Angela de Castro. A política brasileira em busca de modernidade. In: NOVAIS, F. & SCHWARZ (org.). História da vida privada no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

LACERDA, Carlos. Depoimento. Rio de Janeiro: Ed. Nova Fronteira, 1978.

LAURENZA, Ana Maria de Abreu. Lacerda x Wainer: o corvo e o bessarabiano. São Paulo: Ed. SENAC, 1998.

LEVINE, Robert. Pai dos pobres? São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

MENDONÇA, Marina. O demolidor de presidentes. São Paulo: Codex, 2002.

NORA, Pierre (org.). Les lieux de mémoire. Paris: Gallimard, 1984.

PEREIRA, Lauro Ávila. Imprensa e Populismo: Última Hora no segundo governo Vargas (1951-54). 1996. Dissertação (Mestrado em História) – PUC-SP.

QUELER, Jefferson José. Democracia e desenvolvimento: os posicionamentos políticos do jornal Última Hora no governo Kubitschek (1957-1960). 2004. Dissertação (Mestrado em História) - IFCH/Unicamp, Campinas.

SKIDMORE, Thomas. Brasil: de Castelo a Tancredo (1964-85). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

SOUZA, Maria do Carmo Campello de. Estado e Partidos Políticos no Brasil (1930-1964). São Paulo: Alfa-Omega, 1976.

WAINER, Samuel. Minha razão de viver. Rio de Janeiro: Record, 1988.

Downloads

Publicado

2010-06-10

Como Citar

QUELER, Jefferson José. Tensões entre memória e história em testemunhos: Getúlio Vargas e seu legado político nos relatos de Samuel Wainer e Carlos Lacerda. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 2, n. 1, p. 52–70, 2010. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/tempo/article/view/1850. Acesso em: 24 fev. 2024.

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.