Dinâmicas econômicas e sociais na aglomeração urbana de fronteira de Corumbá/BR, Puerto Quijarro e Puerto Suarez/BO: uma análise a partir dos descolamentos pendulares

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724623512022385

Palavras-chave:

Corumbá, Puerto Suárez, Puerto Quijarro, deslocamentos pendulares, fronteira

Resumo

Este trabalho busca compreender as dinâmicas econômicas e sociais que ocorrem na aglomeração urbana de fronteira composta por Corumbá/BR, Puerto Quijarro e Puerto Suárez/BO, por meio dos deslocamentos pendulares. Trata-se de um fenômeno comum nessas áreas e que caracteriza e singulariza as mesmas. Para tanto, buscou-se discutir os elementos dos deslocamentos pendulares, para em seguida abordar a gênese e o desenvolvimento dessa aglomeração. Por fim, é traçada uma análise dos deslocamentos pendulares que ocorrem por ali. Compreendeu-se que, é por meio desses deslocamentos que grande parte da população assegura seu trabalho, além do consumo de bens e serviços.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudia Heloiza Conte, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS

Doutora em Geografia pela Universidade Estadual de Londrina – UEL. Professora da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS.

Referências

ÂNGULO, José, Luiz,Gutiérrez. O terceiro lado da fronteira: processos e transformações dos espaços agrários no pantanal: estudos de caso em comunidades da Bolívia e do Brasil. 2006. Tese (Doutorado em 2006) – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2006.

ARAUJO, Ana Paula. Correa, de; CONCEIÇÃO, Orsolina, Fernandes. da. A arrogância revelada no conflito: bolivianos e brasileiros no espaço escolar da cidade de Corumbá (MS). Espaço Aberto, Rio de Janeiro, v. 5, n. 1, p. 145- 162, 2015.

BEAUJEU-GARNIER, Jacqueline. Geografia da população. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1980.

BEAUJEU-GARNIER, Jacqueline; CHABOT, Georges. Tratado de geografía urbana, Buenos Aires, n. 711, p. 557, 1970.

BRITO, Naman, Moura, de. Desenvolvimento econômico e mineração: uma abordagem da atividade em Corumbá, MS. Entre-Lugar, Dourados, ano 2, n.4, p.123-150, 2011.

CAMPOS, Heleniza, Avila. O papel estratégico de cidades gêmeas no controle de mercadorias em regiões de fronteira no contexto do MERCOSUL: Uruguaiana (BRA) e Paso de los Libres (ARG), 2013.

COSTA, Gustavo, Villela, Lima da. Esquemas de fronteira em Corumbá (MS): negócios além do legal e do ilegal. Dilemas, Rio de Janeiro, v. 7, n. 2, p. 207-232, 2014.

COSTA, Gustavo, Villela, Lima da. Os bolivianos em Corumbá – MS: conflitos e relações de poder na fronteira. Mana, Rio de Janeiro, v. 21, n. 1, p.35-63, 2015.

DERRUAU, Max. Geografia Humana I. Portugal: Editorial Presença, 1964.

FERNANDES, Roberto, Mauro, Silva, da. Levantamento do perfil do imigrante boliviano que cruza a fronteira. Nacionalismo, Luta de Classes e limites que se confundem. Revista Geopantanal, Corumbá, n. 17, 115-138, 2015.

FRESCA, Tania, Maria. Deslocamentos pendulares na região metropolitana de Londrina: uma aproximação. GeoUERJ, Rio de Janeiro, n. 23, v. 1, p. 167-191, 2012.

HAESBAERT, Rogério. Regiões Transfronteiriças e redes Brasileiras no Mercosul. [S.l.], 2013. Disponível em:observatoriogeograficoamericalatina.org.mx/egal8/Geografiasocioeconomica/Geografiaregional/04.pdf. Acesso em: 11 maio 2020.

JARDIM, Antonio, Ponte. Reflexões sobre a mobilidade pendular. In: OLIVEIRA, Luiz, Antonio, Pinto.; OLIVEIRA, Antônio, Tadeu, Ribeiro. (org). Reflexões sobre os deslocamentos populacionais no Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 2011. p. 58-70.

KLEIN, Hebert. Bolívia: do período pré-incaico à independência. São Paulo: Brasiliense, 1991.

LEONARDI, Victor. Violência e direitos humanos nas fronteiras do Brasil. Brasília: Paralelo 15, 2007.

LUCIDIO, João, Antonio, Botelho. A ocidente do imenso Brasil: as conquistas dos rios Paraguai e Guaporé (1680-1750). Lisboa: Universidade de Lisboa, 2013.

MACHADO, Lia, Osório. Estado, territorialidade, redes: cidades gêmeas na zona de fronteira sul-americana. In: SILVEIRA, Maria, Laura. (org.). Continente em chamas: globalização e territórios na América Latina. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, 2006. p. 1-30.

MAMIGONIAN, Armen. Inserção de Mato Grosso ao mercado nacional e a gênese de Corumbá. Geosul, Florianópolis, n. 1, p. 39-58, 1986.

MANETTA, Alex. Dinâmica populacional, urbanização e ambiente na região fronteiriça de Corumbá. 2009 Dissertação (Mestrado em Demografia) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2009.

OLIVEIRA, Tito, Carlos, Machado. Uma fronteira para o pôr-do-sol: um estudo geoeconômico sobre uma região de fronteira. Campo Grande: Editora UFMS, 1998.

OLIVEIRA, Tito, Carlos, Machado; ESSELIN, Paulo, Marcos. Localizando as condições pretéritas e as relações correntes na complexa fronteira Brasil-Bolívia. Geosul, Florianópolis, v. 30, n. 60, p. 125-163, jul./dez. 2015.

PERES, Roberta, Guimarães. Mulheres na fronteira: a migração de bolivianas para Corumbá/MS. 2009 Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2009.

PERES, Roberta, Guimarães .Presença boliviana na construção de Corumbá – Mato Grosso do Sul: espaço de fronteira em perspectiva histórica. In: BAENINGER, Rosana. (org). Imigração Boliviana no Brasil. [S.l.]: Fapesp, CNPQ, Unfpa, 2012. p. 35-74.

PPAS. Recorriendo los municipios del corredor bioceánico: Puerto Suárez: passado y presente. Santa Cruz de la Sierra, [s.n.] 2011.

QUEIROZ, Paulo, Roberto, Cimó. Uma esquina nos confins do Brasil: o Sul do Mato Grosso Colonial e suas vias de comunicação (projetos e realidades). Fronteiras, Dourados, v.11, n.19, p. 197-227, 2009.

SENA, Divino, Marco de. Trabalhadores livres no “baixo Paraguai” do Império do Brasil. Fronteiras, Dourados, v. 12, n. 22, p. 153-173, 2010.

SILVA, Ronaldo, Alexandre, Amaral do. Brasil-Paraguai: marcos da política pragmática na reaproximação bilateral, 1954-1973: um estudo de caso sobre o papel de Stroessner e a importância de Itaipu. 2006. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Universidade Nacional de Brasília, 2006.

SILVA, Sidney, Antonio da. Costurando sonhos: trajetória de um grupo de imigrantes bolivianos em São Paulo. São Paulo: Paulinas, 2007.

SILVA, Laura, Helena, Arruda de. Comércio na Fronteira Brasil-Bolívia em Corumbá, MS: um estudo sobre a Feira BrasBol. 2010. Dissertação (Mestrado em Estudos Fronteiriços) – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Corumbá, 2010.

SOUZA, Celina. Regiões metropolitanas: condicionantes do regime político. Lua Nova, São Paulo, v. 59, n. 2, p. 137-158, 2003.

TOMAZ, Marcela. Fluxos migracionais entre Brasil e Bolívia: imigração irregular, causas, vítimas e políticas migratórias. Universitas: Relações Internacionais, Brasilia, v. 8, n. 1, p. 155-175, 2010.

TONELLI, Justiniano,Oscar. El Peabirú Chiquitano. Santa Cruz de la Sierra: Editorial el País, 2007.

Downloads

Publicado

2022-05-13

Como Citar

CONTE, C. H. Dinâmicas econômicas e sociais na aglomeração urbana de fronteira de Corumbá/BR, Puerto Quijarro e Puerto Suarez/BO: uma análise a partir dos descolamentos pendulares. PerCursos, Florianópolis, v. 23, n. 51, p. 385 - 412, 2022. DOI: 10.5965/1984724623512022385. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/percursos/article/view/20806. Acesso em: 18 ago. 2022.