O corpo-sujeito, interconexões entre paisagem, assemblage e a rua — um exercício metodológico propositivo

Autores

  • Bruna da Silva Sassi Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG https://orcid.org/0000-0002-2932-6026
  • Almir Nabozny Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG
  • Bruna Iara Lorian Chagas Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724622482021456

Palavras-chave:

Corpo, Espaço, Paisagem, Posição, Fenomenologia

Resumo

A concepção de Merleau-Ponty (2006) sobre corpo-sujeito/fenomenal indica a existência ativa do corpo perante o mundo. Este texto aborda a relação corpo-sujeito com a paisagem constituída pela posição do corpo-espaço (horizonte de pensamento). A produção de uma metodologia que mobilize o corpo na compreensão das percepções espaciais na vivência cotidiana da rua, por meio do trabalho de campo, é outro aspecto propedêutico do presente ensaio. Disso posto, foram produzidos três exercícios teórico-práticos a partir da posição do corpo-pesquisador-espaço. Esses exercícios são apresentados no texto na forma de narrativas e contemplam o corpo atravessado pela consciência de realidade, imaginário e espaço — mediados pelo ‘pensamento-paisagem’. A articulação dessas reflexões com as discussões sobre assemblage remete a uma perspectiva de abordar fenômenos fluidos e efêmeros na Geografia.

Biografia do Autor

Bruna da Silva Sassi, Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG

Mestre em Gestão do Território pela Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG.

Almir Nabozny, Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG

Doutor em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande Sul - UFRGS. Docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG.

Bruna Iara Lorian Chagas, Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG

Mestre em Gestão do Território pela Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG. Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Geografia na Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG.

Referências

ALMEIDA, Maria Geralda. A propósito do trato do invisível, do intangível e do discurso na geografia cultural. Revista da ANPEGE, João Pessoa, 9, n. 11, p. 41-50, 2013. Disponível em: https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/anpege/article/viewFile/6490/3471. Acesso em: 29 out. 2018.

BARBOSA, Maria Raquel; MATOS, Paula Mena; COSTA, Maria Emília. Um olhar sobre o corpo: o corpo ontem e hoje. Psicologia & Sociedade, Belo Horizonte, v. 23, n. 1, p. 24-34. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010271822011000100004&script=sciabstract&tlng=pt. Acesso em: 02 jul. 2018.

BENETT, Jane. The agency of assemblages and the North American blackoute. Public Culture, Durhan: Duke University, v. 17, n. 3, p 445-465, 2005. Disponível em: https://jscholarship.library.jhu.edu/bitstream/handle/1774.2/32808/bennet_public_culture.pdf. Acesso em: 05 ago. 2019.

BESSE, Jean-Marc. Ver a Terra: seis ensaios sobre a paisagem e a geografia. São Paulo: Perspectiva, 2006. 108 p.

BETTANINI, Tonino. Espaço e ciências humanas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982. 157 p.

COLLOT, Michel. Poética e filosofia da paisagem. Rio de Janeiro: Oficina Raquel, 2013. 204 p.

COSTA, Benhur Pinós da; GOERGEN, Édipo Djavan dos Reis; DURGANTE, Flavia R. Nascimento; Taiane Flores. O corpo e a geografia do cotidiano. In: AZEVEDO, Ana Francisca de; REGO, Nelson. (orgs.). Geografia e (in) visibilidades: paisagens, corpos, memórias. Porto Alegre: Compasso Lugar-Cultura, 2017. p. 349-381.

CHAUÍ, Marilena. Merleau-Ponty: da constituição à instituição. Cadernos Espinosanos / Estudos Sobre o século XVII, São Paulo: Departamento de Filosofia da FFLCH-USP, n. 20, p. 11-37, jun. 2009. Disponível em: https://www.scribd.com/document/118214879/Cadernos-Espinosa-20. Acesso em: 20 de abr. 2018.

DARDEL, Éric. O homem e a Terra: natureza da realidade geográfica. São Paulo: Perspectiva, 2011. 173 p.

DAVIM, David Emanuel Madeira; MARANDOLA JR, Eduardo José. O pensamento fenomenológico na educação geográfica: caminhos para uma aproximação entre cultura e ciência. Caderno de Geografia, Belo Horizonte: v. 26, n. 47. p. 684-713, 2016. Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/geografia/article/view/p.2318-2962.2016v26n47p684. Acesso em: 01 ago. 2018.

FEYERABEND, Paul. Contra o método. Rio de Janeiro: F. Alves, 1977. 488 p.

GOMES, Paulo. César da Costa. Geografia e modernidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. 366 p.

HERMANN, Carla Guimarães. Cidade e cotidiano: a contribuição dos situacionistas. In: ENCONTRO DE GEÓGRAFOS DA AMÉRICA LATINA, 10., 2005, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2005. p. 6868-6886. Disponível em: http://observatoriogeograficoamericalatina.org.mx/egal10/Teoriaymetodo/Conceptuales/20.pdf. Acesso em: 05 jun. 2018.

JACQUES, Paola Berenstein (org.). Apologia da deriva: escritos situacionistas sobre a cidade. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003. 160 p.

JACQUES, Paola Berenstein (org.). Elogio aos errantes. Salvador: EDUFBA, 2012. 331 p.

LIMA, Elias Lopes de. Do corpo ao espaço: contribuições da obra de Maurice Merleau-Ponty à análise geográfica. Revista GEOgraphia, Niterói: PPGEO/UFF, ano IX, n. 18, p. 65-84, 2007. Disponível em: https://periodicos.uff.br/geographia/article/view/13543. Acesso em: 08 out. 2018.

LIMA, Elias Lopes de. O lugar do sujeito em a natureza do espaço de Milton Santos. Revista Geografia, Recife: v.3, n. 2, p. 1-8, 2013. Disponível em: http://www2.fct.unesp.br/docentes/geo/necio_turra/PPGG%20-%20PESQUISA%20QUALI%20PARA%20GEOGRAFIA/Lima_O%20lugar%20do%20sujeito%20em%20Milton%20Santos.pdf. Acesso em: 28. out. 2018.

LIMA, Elias Lopes de. Os limites da geografia humanista e da nova geografia cultural na compreensão do sujeito. Ensaios de Geografia, Rio de Janeiro: v. 2, n. 4, p. 7-31, 2014a. Disponível em: www.ensaios-posgeo.uff.br/index.php/EG/article/view/46/56. Acesso em: 08 out. 2018.

LIMA, Elias Lopes de. O sujeito entre as múltiplas geografias e a geografia geral. In: ENCRUZILHADAS GEOGRÁFICAS: notas sobre a compreensão do sujeito na teoria social crítica. Rio de Janeiro: Consequência, 2014b. p. 167-176.

LIMA, Elias Lopes de. A corporeidade como um recurso metodológico da geograficidade. Revista de Geografia, Recife, v. 5, p. 1-11, 2015. Disponível em: https://geografia.ufjf.emnuvens.com.br/geografia/article/download/93/93. Acesso em: 06 set. 2018.

LINDÓN, Alicia. La construcción socio-espacial de la ciudad. Desde la perspectiva del sujeto-cuerpo y el sujeto sentimento. In: CONGRESO DE LA ASOCIACIÓN LATINOAMERICANA DE SOCIOLOGÍA, 27., 2009, Buenos Aires. Asociación Latinoamericana de Sociología. Anais [...]. Buenos Aires, 2009. p. 1-11. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/descarga/articulo/3320514.pdf. Acesso em: 06 abr. 2018.

MARANDOLA JR., Eduardo. Trilhas de acesso a Lisboa: poesia, música, imagem e som em O céu de Lisboa (Lisbon Story), de Wim Wenders. In: CAZETTA, Valéria; OLIVEIRA JR., Wenceslao Machado de (orgs.). Grafias do espaço: imagens da educação geográfica contemporânea. Campinas: Alínea, 2013. p. 143-165.

MARANDOLA JR., Eduardo. Geografias do porvir: a fenomenologia com abertura para o fazer geográfico. In: SPOSITO, Eliseu Sauvério; SILVA, Charlei Aparecido da; SANT’ANNA NETO, Joao Lima; MELAZZO, Everaldo Santos. (orgs.). A diversidade da geografia brasileira: escalas e dimensões da análise e da ação. Rio de Janeiro: Consequência, 2016. p. 451-466.

MASSEY, Doreen. Pelo espaço. uma nova política da espacialidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008. 312 p.

MCFARLANE, Colin. Translocal assemblages: space, power and social movements. Geoforum., Durham, n. 40, p. 561-567, May 2009. Disponível em: http://blogs.ubc.ca/politicalgeography/files/2015/09/mcfarlane_translocal_assemblages.pdf. Acesso em: 15 fev. 2020.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da percepção. São Paulo: Martins Fontes, 2006. 662 p.

NOGUÉ, Joan; ROMERO, Joan. Otras geografias, otros tiempos, nuevas y viejas preguntas, viejas y nuevas respuestas. In: NOGUÉ, Joan; ROMERO, Joan. (dir.). Las otras geografias. Valencia: Tirant La Blanch, 2006. p. 15-49.

RAMIL, Vitor. Satolep. São Paulo: Cosac Naify, 2008. 288 p.

SKEWES, Juan Carlos. Patrimonio, paisaje y convivencialidad: experiencias de desposesión en el sur de Chile. GeoGraphos, Alicante, v. 7, n. 87, p. 1-17, jan. 2016. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/311658070_Patrimonio_paisaje_y_convivencialidad_experiencias_de_desposesion_en_el_sur_de_Chile. Acesso em: 08 dez. 2020.

SENNETT, Richard. Carne e pedra: o corpo e a cidade na civilização ocidental. Rio de Janeiro: Record, 1997. 362 p.

TUAN, Yi-Fu. Espaço e lugar: a perspectiva da experiência. Londrina: Eduel, 2013. 248 p.

Downloads

Publicado

2021-05-21

Como Citar

Sassi, B. da S., Nabozny, A., & Chagas, B. I. L. (2021). O corpo-sujeito, interconexões entre paisagem, assemblage e a rua — um exercício metodológico propositivo. PerCursos, 22(48), 456 - 483. https://doi.org/10.5965/1984724622482021456