Metodologia para detecção de áreas socioambientalmente vulneráveis: o caso do distrito do Campeche, no município de Florianópolis – SC, Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724621462020083

Resumo

A sociedade contemporânea lida constantemente com questões intensas de mudanças climáticas e influências destas em diversas partes do planeta, com diversos reflexos nas regiões costeiras. Minimizar os impactos ambientais e efeitos no ecossistema em áreas zoneadas conceitualmente opostas, então sobrepostas ou limitantes geograficamente, é um desafio para o poder público, seja pelo prisma do planejador, da gestão do território, entre outros agentes do espaço geográfico. É urgente que mecanismos para otimização da identificação dessas áreas sejam pesquisados e promovidos, uma vez que os desdobramentos da passividade desses equívocos ou falhas entre zoneamentos territoriais podem incidir em impactos socioambientais e socioeconômicos incomensuráveis aos atores locais. Esta pesquisa abordará, portanto, um método para a identificação de áreas potenciais de riscos de conflitos socioambientais, alicerçado por técnicas de geoprocessamento, como a análise espacial. O método proposto foi aplicado no distrito do Campeche (Florianópolis – SC), lugar passivo dessas discussões e influenciado (in)diretamente por mudanças climáticas e discussões ambientais.

Palavras-chave: Política ambiental. Gerenciamento costeiro. Planejamento urbano. Análise espacial. Campeche (Florianópolis, SC).

Biografia do Autor

Eduardo Schmidt Longo, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Mestre e Doutorando em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socioambiental pela Universidade do Estado de Santa Catarina - PPGPLAN, FAED/UDESC.

David Valença Dantas, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Doutor em Oceanografia pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE.  Professor da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Campus Laguna. Professor do Programa de Pós-Graduação em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socioambiental - PPGPLAN, FAED/UDESC.

Downloads

Publicado

2020-10-19

Como Citar

Schmidt Longo, E. ., & Valença Dantas, D. (2020). Metodologia para detecção de áreas socioambientalmente vulneráveis: o caso do distrito do Campeche, no município de Florianópolis – SC, Brasil . PerCursos, 21(46), 083 - 112. https://doi.org/10.5965/1984724621462020083