Arte, interações, olhares e transformação: museus expandidos e práticas artísticas colaborativas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234611242019118

Resumo

Alguns desenvolvimentos no campo artístico são considerados como evidências de uma maior horizontalidade, o que implica uma ênfase no processo, experiência ou o papel do público como participante em vários graus. Um conceito ampliado da ideia do museu é sugerido nesta mesma linha e revisam-se alguns exemplos de práticas artísticas colaborativas onde ela está presente em várias formas e que respondem a uma cultura artística que prioriza a experiência, o processo, a interação, a ação e o desenvolvimento e transformação pessoal e social.

Biografia do Autor

Julio Romero, Universidad Complutense de Madrid

Doutor en Belas Artes, licenciado em Belas Artes, Psicología e Pedagogia. Porfessor do Departamento de Didáctica de las Lenguas, Artes y Educación Física, Facultad de Educación. Universidad Complutense de Madrid, España.

Downloads

Publicado

2019-06-06

Edição

Seção

Artigos Seção aberta