[1]
P. Balardim, “O fio transversal da animação”, Móin-Móin, vol. 1, nº 06, p. 151-163, abr. 2018.