Tecnologia assistiva nos cuidados paliativos geriátricos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2316796312242023094

Palavras-chave:

Tecnologia Assistiva, Profissionais de Saúde, Cuidados Paliativos, Idosos

Resumo

O objetivo foi verificar o conhecimento e as condutas dos profissionais de saúde acerca do uso da Tecnologia Assistiva com pacientes idosos em Cuidados Paliativos. Levantamento descritivo transversal de caráter qualitativo, com utilização de um roteiro de entrevista aberto e semiestruturado. Resultados indicam abordagem centrada no paciente e planos de tratamentos individualizados para melhor qualidade de vida no processo de cuidados paliativos. A Tecnologia Assistiva utilizada como estratégias de cuidados se mostrou eficaz garantindo uma assistência humanizada e adaptada às necessidades de cada paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thalita Andrade Berlandi, Universidade Estadual de Campinas

Fisioterapeuta e Especialista em Gerontologia pelo Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein. Mestranda em Saúde, Interdisciplinaridade e Reabilitação pela Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp.

Ana Claudia Fernandes, Universidade Estadual de Campinas

Fonoaudióloga pela Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp. Mestra e Doutora em Saúde, Interdisciplinaridade e Reabilitação pela mesma instituição. Áreas de interesse: fonoaudiologia, deficiência visual, acessibilidade e tecnologia assistiva.

Rita de Cassia Ietto Montilha, Universidade Estadual de Campinas

Terapeuta ocupacional pela PUCCAMP. Especialista em Psiquiatria Médica e Psicologia Clínica da Adolescência; Mestre e Doutora em Ciências Médicas e Livre-docente na área de Desenvolvimento Humano, Saúde, Cultura e Sociedade pela Unicamp. Docente do Curso de Fonoaudiologia e da Pós-Graduação Saúde, Interdisciplinaridade e Reabilitação, Unicamp.

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa, 2009.

BERSCH, Rita de Cassia Reckziegel et. al. Fatores Humanos em TA: Uma Análise de Fatores Críticos nos Sistemas de Prestação de Serviços. Revista Plurais. Salvador, v. 1, n. 2, p. 132-152, 2010.

BERSH, Rita de Cassia Reckziegel. Introdução à tecnologia assistiva. Assistiva - Tecnologia e Educação. Porto Alegre, 2017.

BERSH, Rita de Cassia Reckziegel. Rede de pesquisa e desenvolvimento em tecnologia assistiva / organizadores Maria Lúcia Ribeiro Okimoto [et al.]. Bauru: Canal 6, 2022.

BRASIL. Longevidade, viver bem e cada vez mais. Retratos, a revista do IBGE. n.16, 2019.

JOSEPH, Augustin. et al. Symptom Management in the Older Adult: 2023 Update.Clinics in Geriatric Medicine, v. 39, n.3, p. 449-463, 2023.

MORAES, Edgar Nunes. Atenção à saúde do Idoso: Aspectos Conceituais. Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde, 2012.

OKIMOTO, Maria Lucia Ribeiro et al. (Orgs.). Tecnologia assistiva: abordagens teóricas. Bauru: Canal 6, 2021.

RAJABALEE, Nafiisah B.M.H et al. Global Geriatric Palliative Care. Clinics in Geriatric Medicine, v.39, n.3., p.465-473, 2023.

SAMPSON, Elizabeth. L. Palliative care for people with dementia, British Medical Bulletin. v. 96, n. 1, p. 159–174, 2010.

TAJ, Jabeen; TAYLOR, Emily Pinto. End-Stage/Advanced Heart Failure: Geriatric Palliative Care Considerations. Clinics in Geriatric Medicine,v.39, n.3, p. 369-378, 2023

TURATO, Egberto R. Tratado da metodologia da pesquisa clínicoqualitativa: construção teórico-epistemológica, discussão comparada e aplicação às áreas da saúde e humanas. 6ª ed. Petrópolis: Vozes; 2013.

VERAS, Renato. Envelhecimento populacional contemporâneo: demandas, desafios e inovações. Revista de Saúde Pública, v. 43, n. 3, p. 548–554, 2009.

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Worldwide palliative care alliance. Global Atlas of Palliative Care. Londres. 120 p, 2020.

Downloads

Publicado

2023-12-13

Como Citar

BERLANDI, Thalita Andrade; FERNANDES, Ana Claudia; MONTILHA, Rita de Cassia Ietto. Tecnologia assistiva nos cuidados paliativos geriátricos. Human Factors in Design, Florianópolis, v. 12, n. 24, p. 094–103, 2023. DOI: 10.5965/2316796312242023094. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/hfd/article/view/24615. Acesso em: 21 fev. 2024.