O uso da metodologia de personas na produção de hipermídia adaptativa para visitas guiadas a museus

Autores

  • Thiago Moreira Pinheiro ESDI/UERJ
  • Barbara Szaniecki ESDI/UERJ
  • André Monat ESDI/UERJ

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312911152016255

Resumo

Este artigo é parte integrante de um projeto em desenvolvimento que visa construir uma hipermídia adaptativa para auxiliar visitas guiadas em museus. Nele analisamos a importância da metodologia de personas para o design centrado no usuário e descrevemos em detalhes a utilização desta ferramenta no cenário da exposição Virada Russa (CCBB-RJ/2009), desde as entrevistas, a identificação dos arquétipos e suas peculiaridades, até a criação dos perfis a serem atendidos pelo sistema proposto, apontando os resultados de cada passo. Em seguida descrevemos a concepção do protótipo do sistema hipermídiático de acordo com Brusilovsky, expondo suas funcionalidades e a dinâmica de utilização. Concluímos com uma reflexão sobre a priorização da pesquisa qualitativa em oposição à quantitativa, tradicionalmente empregada na produção de hipermídias adaptativas com a intenção de atender de forma mais satisfatória às necessidades particulares de cada visitante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Moreira Pinheiro, ESDI/UERJ

Mestre em Design pela ESDI/UERJ.

Barbara Szaniecki, ESDI/UERJ

Professora do PPDESDI/UERJ.

André Monat, ESDI/UERJ

Professor do PPDESDI/UERJ.

Downloads

Publicado

2016-05-02

Como Citar

PINHEIRO, Thiago Moreira; SZANIECKI, Barbara; MONAT, André. O uso da metodologia de personas na produção de hipermídia adaptativa para visitas guiadas a museus. DAPesquisa, Florianópolis, v. 11, n. 15, p. 255–270, 2016. DOI: 10.5965/1808312911152016255. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/6991. Acesso em: 30 maio. 2024.