A Importância do Mediador Escolar para Potencializar o processo de Brincar da Criança com Deficiência visual

Autores

  • Fabiane Araujo Chaves
  • Thacio Azevedo Ladeira

Resumo

A inclusão escolar se apresenta como um desafio para a realidade da escola e propõe a busca de alternativas flexíveis para o desenvolvimento educacional. O mediador escolar pode fazer parte deste processo, acompanhando o educando durante o dia letivo, potencializando a socialização e aprendizagem, atuando como um facilitador das tarefas escolares por meio da adaptação curricular. A utilização do lúdico como alternativa para inclusão pode ser muito eficaz, pois se apresenta como uma outra via de aprendizagem para as pluralidades presentes na escola que tem modos de aprender igualmente diversos, como em casos de alunos cegos. Para conceituar deficiência visual, utilizou-se o conceito de Sá, Campos e Silva (2007, p.15), que consideram o deficiente visual como aquele que “tem uma alteração grave ou total de uma ou mais das funções elementares da visão que afeta de modo irremediável a capacidade de perceber cor, tamanho, distância, forma, posição ou movimento em um campo mais ou menos abrangente”. Desse modo, esta pesquisa exploratória propõe um levantamento teórico realizado a respeito desta temática, no sentido de acolher as necessidades das pessoas com deficiência visual oferecendo uma alternativa, a partir do brincar, para potencializar seu desenvolvimento escolar e social.

Downloads

Publicado

2020-03-24