Hackathons educacionais como processo para concepção de projetos integradores no Ensino Médio Profissionalizante

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2357724X112023e0142

Palavras-chave:

Hackathon, Design Thinking, Projeto Integrador

Resumo

Hackathons educacionais são eventos intensos de curta duração que estimulam o desenvolvimento de diversas habilidades essenciais para o sucesso no mercado de trabalho. Exemplo dessas habilidades incluem o trabalho em equipe, criatividade, resolução de problemas reais e autorregulação. O objetivo desses eventos encontrar soluções para problemas postos por algum stakeholder. Quando aliados à abordagem de Design Thinking, têm o potencial de promover a interdisciplinaridade e criação de soluções centradas no usuário. Este trabalho apresenta um processo e a realização de um hackathon educacional para concepção de projetos integradores no Ensino Médio Profissionalizante com foco em problemas reais vivenciados pelos estudantes no cotidiano escolar. Como resultado, as equipes compostas por estudantes apresentaram nove projetos sobre inclusão de pessoas com deficiência que foram desenvolvidos durante o semestre seguinte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karen Andressa de Carvalho, Mestranda do PPGECMT da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Mestre, discente PPGECMT - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Joinville/ Santa Catarina/ Brasil.

Isabela Gasparini, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Doutora, docente, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Joinville/ Santa Catarina/ Brasil.

Referências

BACICH, Lilian; MORAN, José. Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. [recurso eletrônico]. Porto Alegre: Penso, 2018.

BRISCOE, Gerard; MULLIGAN, Catherine. Digital innovation: The hackathon phenomenon. Number 6. Creativeworks London Working Paper, 2014.

BROWN, Tim. Design Thinking: uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias. Rio de Janeiro: Alta Books, 2020.

CAVALCANTI, Carolina Costa; FILATRO, Andrea. Design Thinking: na educação presencial, a distPância e corporativa. São Paulo: Saraiva, 2016.

GAMA, Kiev; ALENCAR, Breno; CALEGARIO, Filipe; NEVES, André; ALESSIO, Pedro. A hackathon methodology for undergraduate course projects. In: 2018 IEEE Frontiers in Education Conference (FIE). IEEE, 2018. p. 1-9.

PINHEIRO, Tennyson; ALT, Luis. Design Thinking Brasil: empatia, colaboração e experimentação para pessoas, negócios e sociedade. 1 ed. Rio de Janeiro: Alta Books, 2017.

RODRIGUES, Renato Tadeu. Panorama de hackathons no Brasil. Dissertação de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. Universidade Federal de São Carlos, 2019

STICKDORN Marc; SCHNEIDER, Jakob. Isto é Design Thinking de Serviços: fundamentos - ferramentas - casos. Porto Alegre: Bookman, 2014.

VALENÇA, George. SANTOS, Rodrigo. Como organizar hackathons inclusivas? In: Anais Estendidos do XXI Simpósio Brasileiro de Fatores Humanos em Sistemas Computacionais, Porto Alegre: SBC, p. 1–2, 2022.

VIANNA, Maurício; VIANNA, Ysmar; ADLER, Isabel K.; LUCENA, Brenda; RUSSO, Beatriz. Design Thinking: inovação em negócios. Rio de Janeiro: MJV Press, 2012.

Downloads

Publicado

2023-12-30

Como Citar

DE CARVALHO, Karen Andressa; GASPARINI, Isabela. Hackathons educacionais como processo para concepção de projetos integradores no Ensino Médio Profissionalizante . Revista BOEM, Florianópolis, v. 11, p. e0142, 2023. DOI: 10.5965/2357724X112023e0142. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/boem/article/view/24867. Acesso em: 24 fev. 2024.

Edição

Seção

Discussões sobre produtos educacionais: ensino de ciências, matemática e tecnologias