Altas Habilidades/Superdotação: uma abordagem pedagógica no ensino de ciências

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2357724X112023e0117

Palavras-chave:

Inclusão, Altas habilidades/superdotação, Ensino de ciências, Educação Especial

Resumo

Visando contribuir para ampliar as discussões sobre a Altas Habilidades/Superdotação-AH/SD, no âmbito da formação continuada de professores, este produto educacional tem com o propósito de subsidiar as reflexões e ampliar o conhecimento sobre o tema, bem como impulsionar melhorias nas práticas educacionais e contribua para a inclusão efetiva destes estudantes em ambiente escolar. O produto elaborado, trata-se de um e-book intitulado “Altas Habilidades/Superdotação: uma abordagem pedagógica no Ensino de Ciências”, que tem como público-alvo docentes, coordenadores e gestores da Educação básica. O produto educacional foi elaborado com base em uma pesquisa exploratória e levantamento bibliográfico, em autores como Alencar, Fleith (2001, 2004, 2007); Pérez, Freitas (2011); Renzulli (2004, 2014, 2018), além dos documentos oficiais de orientação da Política de Educação Inclusiva Nacional e Ensino de Ciências no Brasil (BRASIL, 2001, 2008, 2010, 2018, 2015, 2019). O e-book, aborda aspectos teóricos que embasam a conceituação de AH/SD adotada no Brasil e seus Identificadores, destaca as características cognitivas e socioafetivas, bem como suas potencialidades, vulnerabilidades particularidades de aprendizagem. Ao tratar aspectos inerentes à educação de alunos com AH/SD, dá ênfase a ações de favorecimento à inclusão, orientações aos pais, professores e a escola, com ênfase no ensino de ciências numa perspectiva inclusiva. Espera-se que este produto educacional possa ampliar as discussões sobre o tema, que impulsione novos estudos e que sirva de orientação nos âmbitos do ensino e da pesquisa, contribuindo para o reconhecimento das características, e singularidades das pessoas com AH/SD.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Osmarina Ferreira e Ferreira, Rede de Educação Básica de Belém

Professora da Educação Básica, Mestre em Docência Educação em Ciências e Matemáticas, Universidade Federal do Pará, Belém/Pará.

Elinete Oliveira Raposo, Universidade Federal do Pará (UFPA)

Professora, Doutora do Programa de Pós Graduação em Docência Educação em Ciências e Matemáticas, em Universidade Federal do Pará, Belém/ Pará.

Referências

ALENCAR, E. M. L. S. Indivíduos com altas habilidades/superdotação: Clarificando conceitos, desfazendo ideias errôneas. In: Fleith, D.S. (Org.). A construção de práticas educacionais para alunos com altas habilidades/superdotação. Brasília (DF): Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial, 2007. cap. 1. v 3.

ALENCAR, E.M.L.S.; FLEITH, D.S. Superdotados: determinantes, educação e ajustamento. 2. ed. São Paulo: EPU, 2001.

BRASIL. Lei Federal nº 9394/96 de 20 de dezembro de1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, v.134, n. 248, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica. Brasília, DF: MEC/SEESP, 2001

BRASIL. Saberes e práticas da inclusão: desenvolvendo competências para o atendimento às necessidades educacionais especiais de alunos com altas habilidades/superdotação. [2. ed.] / SEESP/MEC. - Brasília: MEC, Secretaria de Educação Especial, 2006.

BRASIL. Ministério de Educação. Secretaria de Educação Especial (SEESP). Documento Orientador. Execução da Ação. Brasília: MEC/SEESP, 2006.

BRASIL. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva de Educação Inclusiva. MEC/SEESP, 2008.

BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 julho de 2015. Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Diário Oficial da União, Brasília, DF: 7 jul. 2015.

CARVALHO, Anna Maria Pessoa de; GIL- PEREZ, Daniel. Formação de professores de ciências: Tendências e inovações. 10. ed. São Paulo: 2011

CACHAPUZ, Antônio (org). A Necessária renovação do ensino das ciências. São Paulo: Cortez, 2005.

CHASSOT, Attico. Alfabetização científica: uma possibilidade para a inclusão social. Universidade do Vale do Rio dos Sinos, RS: Revista Brasileira de Educação. Nº 21, set./dez. 2002, p. 157-158.

DELOU. C. M. Carvalho. Lista Base de Indicadores de Superdotação - Parâmetros para Observação de Alunos em Sala de Aula. In: Lucia de Mello e Souza Lehmann; Luciana Gageiro Coutinho. (Org.). Psicologia e Educação: Interfaces (Série Práxis Educativa). 1ed. Niterói, RJ: EDUFF v. 9, p. 71-93, 2014.

DELOU. C. M. Carvalho. O Papel da Família no Desenvolvimento de Altas Habilidades/Superdotação. In FLEITH, Denise de Souza (org). A construção de práticas educacionais para alunos com altas habilidades/superdotação: o aluno e a família. Brasília: v.3 Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial, 2007.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. 25. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FLEITH, Denise de Souza (org). Educação infantil: saberes e práticas da inclusão: altas habilidade/superdotação. [4. ed.] Brasília: MEC, Secretaria de Educação Especial, 2006.

FLEITH, Denise de Souza (org) A construção de práticas educacionais para alunos com altas habilidades/superdotação: orientação a professores, Brasília: v.1, Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial, 2007a.

FLEITH, Denise de Souza (org). A construção de práticas educacionais para alunos com altas habilidades/superdotação: atividades de estimulação de alunos. Brasília: v.2, Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial, 2007b.

FLEITH, Denise de Souza (org). A construção de práticas educacionais para alunos com altas habilidades/superdotação: o aluno e a família. Brasília: v.3 Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial, 2007

GARDNER, Howard. Estruturas da Mente: A Teoria das Inteligências Múltiplas. Trad. Sandra Costa — Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1994.

IMBERNÓN, Francisco. Formação Permanente do professorado: novas tendências. São Paulo: Cortez, 2009.

IMBERNÓN, Francisco. Formação continuada de Professores. Porto Alegre: Artmed, 2010.

MORÁM, José, Mudando a educação com metodologias ativas. In: SOUZA, Carlos Alberto de; MORALES, Ofelia Elisa Torres (orgs.) Coleção Mídias Contemporâneas. Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens. Vol. II. Ponta Grossa: UEPG/PROEX, 2015. – 180p. (Mídias Contemporâneas, 2) p. 15-33.

MOREIRA, M. A. A Teoria da Aprendizagem Significativa de Ausubel. In: MORÁN, José. Teorias da Aprendizagem. 1. Ed. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária – EPU, 1999. Cap. 10.

NÓVOA, António. Formação de professores e profissão docente. In: MOREIRA, M. A.(Org.). Os Professores e a sua Formação. Lisboa: Nova Enciclopédia, Publicações Dom Quixote, 1995.

NÓVOA, António. Escolas e professores, proteger, transformar, valorizar. Colaboração Yara Avim, Salvador: SEC/IAT, 2022.

NEUMANN, Patrícia. A Identificação de Altas Habilidades/Superdotação em Crianças Pequenas: um desafio à educação infantil. In: RIBEIRO, Débora; DOMINICO, Eliane; NUNES, Maristela A. (Orgs.). Tecendo Olhares e Debates na Educação Infantil: políticas educacionais, diversidade e práticas pedagógicas. Guarapuava: Aprendere, 2019.

NEGRINI, Tatiane; COSTA, Leandra; FREITAS, Soraia Napoleão. Diversidade e educação: as contribuições de um programa de enriquecimento para a inclusão dos alunos com altas habilidades/superdotação. Pontifícia Universidade Católica, Curitiba- PR: Educere, 2013.

RENZULLI, Joseph. Reexaminando o papel da educação para superdotados e o desenvolvimento de talentos para o Século XXI: uma abordagem teórica em quatro partes. In: VIRGOLIM, A. (Org.). Altas Habilidades/Superdotação: processos criativos, afetivos e desenvolvimento de potenciais. Curitiba, PR: Juruá, 2018. p. 19-36.

RENZULLI, Joseph & REIS, S.M. Modelo de enriquecimento para toda a escola: Um plano abrangente para o desenvolvimento de talentos e superdotação. Tradução de Susana Graciela Pérez. Revista Educação Especial, v. 27, n. 50, p. 539- 562 set./dez.2014. (Título original: The Schoolwide Enrichment Model).

RONDINI, Carina Alexandra. REIS, Veronica Lima. Altas habilidades/superdotação: instrumentais para a identificação e atendimento do estudante dentro e fora da sala de aula comum. Curitiba: CRV, 2021.

VIRGOLIM, Ângela M. R.; KONKIEWITZ, Elizabete C (orgs.) Altas habilidades/superdotação, inteligência e criatividade: uma visão multidisciplinar. Papirus: 2018.

VIRGOLIM, Ângela M. Altas habilidade/superdotação: encorajando potenciais. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial, 2007.

VIRGOLIM, Ângela M. Altas habilidades/superdotação, um Diálogo Pedagógico Urgente. Curitiba: interSaberes, 2019.

VIRGOLIM, Ângela M. A contribuição dos instrumentos de investigação de Joseph Renzulli para a identificação de estudantes com Altas Habilidades/Superdotação. Revista Educação Especial, v. 27, n. 50, p. 581-610. set./dez. 2014.

VIRGOLIM, Ângela M. As Vulnerabilidades das Altas Habilidades e Superdotação: Questões Sociocognitivas e Afetivas. Educar em Revista, Curitiba, v. 37, e81543, 2021.

VIRGOLIM, Ângela M. Altas Habilidades/Superdotação processos criativos. Afetivos e desenvolvimento de potenciais. Curitiba: Juruá, 2018.

Downloads

Publicado

2023-12-30

Como Citar

FERREIRA E FERREIRA, Osmarina; OLIVEIRA RAPOSO, Elinete. Altas Habilidades/Superdotação: uma abordagem pedagógica no ensino de ciências. Revista BOEM, Florianópolis, v. 11, p. e0117, 2023. DOI: 10.5965/2357724X112023e0117. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/boem/article/view/24855. Acesso em: 24 fev. 2024.

Edição

Seção

Discussões sobre produtos educacionais: ensino de ciências, matemática e tecnologias