Sala de aula invertida adaptada ao ensino remoto: uma proposta de ensino híbrido aplicado à Análise Combinatória

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2357724X09182021122

Palavras-chave:

Ensino Híbrido, Sala de Aula Invertida Adaptada, Análise Combinatória

Resumo

Visando promover um ensino mais eficiente e de qualidade neste período de pandemia, este artigo apresenta uma adaptação de uma metodologia Ativa denominada Ensino Híbrido, em particular, o modelo Sala de Aula Invertida. Buscou-se desta forma, enriquecer a prática pedagógica por meio de uma abordagem metodológica inédita com o uso integrado das tecnologias digitais, visando a personalização do Ensino Remoto por meio de uma Sequência Didática aplicada em uma turma do 2º ano do ensino médio de uma instituição privada do Estado do Rio de Janeiro. A pesquisa é de caráter quantitativo e qualitativo e os dados foram coletados buscando investigar o desempenho e as reações dos estudantes em meio aos conceitos da Análise Combinatória. Os resultados mostraram que a Sala de Aula Invertida Adaptada ao Ensino Remoto pode, de fato, contribuir para a aprendizagem do tema proposto neste período de isolamento social, podendo ser destacadas como principais contribuições o desenvolvimento da autonomia e senso crítico bem como a capacidade argumentativa e socializadora dos estudantes.

Biografia do Autor

Brunna Seadi Lima Marques, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Possui graduação em Engenharia de Petróleo pela Universidade Federal do Espírito Santo (2013). Possui Licenciatura Plena em Matemática pelo Instituto Fayol - FIAR (2017). Ex aluna de mestrado da Universidade Estadual do Norte Fluminense (2014 - 2016). Especialista em Docência em Matemática e Práticas Pedagógicas (2019). Aluna de mestrado em Matemática no programa PROFMAT pela UENF.

Nelson Machado Barbosa, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Graduado em Matemática pela a Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), Especialista em Matemática e Estatística pela Universidade Federal de Lavras (UFLA) e em Matemática Aplicada em Biossistemas pelo CEFET/RJ. Mestre e Doutor em Modelagem Computacional pela a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Tem experiência nas áreas de Estatística, Equações Diferenciais Hiperbólicas, Análise Numérica, Dinâmica Epidemiológica em Redes Complexas, Educação Matemática e Física Aplicada. Atualmente trabalha na linha de pesquisa de matemática aplicada e computação científica e Educação Matemática, atuando nos seguintes temas: "Estudo Numérico para Leis de Conservação Hiperbólicas não lineares utilizando Esquemas Numéricos de Alta Resoluções" e "Metodologias e Propostas Pedagógicas para o Ensino e Aprendizagem em Matemática". É Professor e Pesquisador do Laboratório de Ciências Matemáticas da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF). Atualmente é Coordenador do Programa de Iniciação Científica da Olimpíadas Brasileira de Matemática - OBMEP-RJ-ONE06

Referências

AMBROZI, Luiz. Jogos em uma sequência didática para o ensino de análise combinatória. 162f. 2018. Dissertação (Mestrado). Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, 2018.

ARANHA Franciso; FEFERBAUM Marina. Ensino Inovativo. Revista Ei! Ensino Inovativo.Volume Especial, 2015.

BERGMANN, Jonathan; SAMS, Aaron. Sala de aula invertida: uma metodologia ativa de aprendizagem. Rio de Janeiro: LTC, 2016.

BRASIL. Nota de esclarecimento do CNE. MEC. Portal do CONSED - Conselho Nacional de Secretários de Educação, Brasília, DF, 2020. Disponível em: http://consed.org.br/media/download/5e78b3190caee.pdf. Acesso em: 08 set. 2020.

BRASIL. Parecer CNE/CP nº 5/2020. Portal do MEC, Brasília, DF, 2020. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias= 145011-pcp005-20&category_slug=marco-2020-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 08 set. 2020.

CHRISTENSEN, Clayton; HORN, Michael; STAKER, Heather. Ensino híbrido: uma inovação disruptiva? uma introdução à teoria dos híbridos. Clayton Christensen Institute for disruptive innovation, 2013.

DAMIANI, Magda Floriana; ROCHEFORT, Renato Siqueira; CASTRO, Rafael Fonseca; DARIZ, Marion Rodriguea; PINHEIRO, Silva Siqueira. Discutindo pesquisas do tipo intervenção pedagógica. Cadernos de educação, n. 45, p. 57-67, 2013.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6ª. ed. São Paulo, SP: Editora Atlas SA, 2008.

MARQUES, Brunna Seadi Lima. Vídeo 1: Permutação simples, 2020. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Há OJOvRJ48&feature=youtu.be¡. Acesso em: 23 de novembro de 2020a.

MARQUES, Brunna Seadi Lima. Vídeo 2: Permutação simples com restrições, 2020. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=DCJLNhPPEro&feature=youtu.be¡. Acesso em: 23 de novembro de 2020b.

MARQUES, Brunna Seadi Lima. Vídeo 3: Permutação Simples com Anagramas, 2020. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=CD5SrM8rZdE&feature=youtu.be¡. Acesso em: 23 de novembro de 2020c.

MARQUES, Brunna Seadi Lima. Vídeo 4: Arranjo Simples, 2020. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=nV5a9ZwESQo&feature=youtu.be¡. Acesso em: 23 de novembro de 2020d.

MARQUES, Brunna Seadi Lima. Vídeo 5: Combinação Simples, 2020. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=2sj UYhDnE&feature=youtu.be¡. Acesso em: 23 nov. 2020e.

MARQUES, Brunna Seadi Lima. Vídeo 6: Permutação Cíclica, 2020. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=l8ZvThcdxbU&feature=youtu.be¡. Acesso em: 23 nov. 2020f.

MARQUES, Brunna Seadi Lima. Instrumento de Pesquisa, 2020. Disponível em: https://drive.google.com/drive/folders/1EA6-P On6qx9xpnBCEtxyePaKbrl5hgt?usp=sharing¡. Acesso em: 23 nov. 2020g.

MODESTO, Mônica Cristina; RUBIO, Juliana de Alcântara Silveira. A importância da ludicidade na construção do conhecimento. Revista Eletrônica Saberes da Educação, v. 5, n. 1, p. 1-16, 2014.

RIO DE JANEIRO. Deliberação CEE nº 376, de 23 de março de 2020. Diário Oficial

[do] Governo do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2020. Disponível em: http:

//www.cee.rj.gov.br/deliberacoes/D_2020-376.pdf. Acesso em: 08 set. 2020.

SCHMITZ, Elieser Xisto da Silva. Sala de Aula Invertida: uma abordagem para combinar metodologias ativas e engajar alunos no processo de ensino-aprendizagem. 185f. 2016. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul, 2016.

VALENTE, José Armando. Blend learning e as mudanças no ensino superior: a proposta da sala de aula invertida. Educar em Revista, Scielo, n.SPE4, p.79-97, 2014.

VALENTE, José Armando; ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de; GERALDINI, Alexandra Flogi Serpa. Metodologias ativas: das concepções às práticas em distintos níveis de ensino. Revista Diálogo Educacional, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, v.17, n.52, p.455-478, 2017.

Downloads

Publicado

2021-10-30

Como Citar

MARQUES, B. S. L.; BARBOSA, N. M. Sala de aula invertida adaptada ao ensino remoto: uma proposta de ensino híbrido aplicado à Análise Combinatória. Revista BOEM, Florianópolis, v. 9, n. 18, p. 122-142, 2021. DOI: 10.5965/2357724X09182021122. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/boem/article/view/19121. Acesso em: 30 nov. 2021.