Escolinha de Arte de São Paulo: instantes de uma prática

Autores

  • Sidiney Peterson UNESP

DOI:

https://doi.org/10.5965/2447267222016009

Palavras-chave:

Escolinha de Arte de São Paulo, Práticas pedagógica, Arte/educação, História

Resumo

Neste artigo busco apontar, entre os diferentes ‘instantes’2 observados do processo de ensino/aprendizagem/formação na Escolinha de Arte de São Paulo (EASP), algumas experiências pedagógicas com a finalidade de tecer (ou desfiar) algumas ideias sobre os posicionamentos metodológicos assumidos para o ensino e aprendizagem de arte na Escolinha de Arte de São Paulo. Para escrita, considero como fonte primária, o relatório de atividades da Escolinha3, documentos imagéticos da EASP4 e os depoimentos, contemporâneos, de Ana Mae Barbosa e Madalena Freire, arte/educadoras na EASP, Regina Stella B. Machado, Célia Cymbalista e Regina Gomes, então estagiárias na Escolinha e Betty Leirner, estudante matriculada na EASP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sidiney Peterson, UNESP

http://lattes.cnpq.br/7897838185394600 Doutorando do Instituto de Artes da UNESP - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita - na Área de Concentração de Arte e Educação; Linha de Pesquisa de Processos Artísticos, Experiências Educacionais e Mediação Cultural; Mestre em Artes pelo Instituto de Artes da UNESP - na Linha de Ensino de Aprendizagem da Arte (2014); Graduado em Pedagogia pela Unidade Acadêmica de Garanhuns (UAG)/ Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) em 2010.

Referências

BARBOSA, Ana Mae. Escolinha de Arte de São Paulo: fundamento, andamento. Revista Educação para o Desenvolvimento. São Paulo, nº 14, p. 09-18, 1969.

A cultura Visual antes da cultura visual. Porto Alegre: Revista educação. V. 34, nº 03, set/dez 2011, p. 293-301.BARBOSA, Ana Mae; CUNHA, Fernanda Pereira da (org.). Abordagem triangular no ensino das artes e culturas visuais.São Paulo: Cortez, 2010.

BREDARIOLLI, Rita Luciana B. Das lembranças de Suzana Rodrigues:tópicos modernos de arte e educação. Dissertação de mestrado. São Paulo: ECA-USP, 2004.

CARVALHO, Cibele Regina de. Um estudo sobre a docência na vida e na obra de Anita Malfatti. Dissertação, Instituto Presbiteriano Mackenzie. 2007.

CIRNE, Moacy. A explosão criativa dos quadrinhos. 2ª ed. Petrópolis: Vozes, 1970.

COUTINHO, Rejane G. A Coleção de Desenhos Infantis do Acervo Mário de Andrade.Tese de Doutorado, São Paulo: ECA-USP, 2002.

________. Sylvio Rabello e o desenho infantil. Dissertação, ECA/USP,1997.

___________. O que fazer com a Cultura Visual da Escola? VIS-Revista do Programa de Pós-Graduação em Arte. Brasília, v. 8, nº 1, jan/jun 2009, p. 60-67.

________. Considerações sobre a construção do ideário da Arte Infantil In:OLIVEIRA, Marilda O. de (org.). Arte, Educação e Cultura.Santa Maria: UFSM, 2007.ECO, Umberto. Apocalípticos e Integrados.São Paulo: Perspectiva, 1979.

___________. Obra Aberta.2ª ed. São Paulo: Perspectiva, 1985.FREEDMAN, Kerry. Cultura visual e identidad.Cuadernos de Pedagogía. Barcelona,n.312, p.59-61, 2002.

LIMA, Sidiney Peterson F. de. Escolinha de Arte de São Paulo: instantes de uma história. Dissertação. IA-UNESP, São Paulo, 2014.

___________. Escolinha de Arte no Brasil: movimentos e desdobramentos In ANPAP, 2012.

LIMA, Sidiney Peterson F. de; COUTINHO, Rejane Galvão. Abordagem Triangular:ziguezagueando entre um ideário e uma ação reconstrutora para o ensino de artes In:Arte/Educação:Corpos em trânsito, XXII CONFAEB, São Paulo: UNESP, 2012.

LISPECTOR, Clarice. Água Viva.Rio de Janeiro: Rocco, 1998.

LOWENFELD, Viktor; BRITTAIN, W. L. Desenvolvimento da Capacidade Criadora.São Paulo: Mestre Jou. 1977.

RAMA, Angela; VERGUEIRO, Waldomiro (Orgs.). Como usar as histórias em quadrinhos na sala de aula.São Paulo: Contexto, 2004.SILVA, Marta Regina Paulo da. Histórias em quadrinhos e leitura de mundo: a linguagem quadrinhística na formação de professores e professoras. In: NETO, Elydio dos Santos; SILVA, Marta Regina Paulo da. (Orgs). Histórias em Quadrinhos e Educação: formação e prática docente. São Bernardo do Campo: UMESP, 2011.

Downloads

Publicado

2022-04-20

Como Citar

PETERSON, S. Escolinha de Arte de São Paulo: instantes de uma prática. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 2, n. 2, 2022. DOI: 10.5965/2447267222016009. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/8494. Acesso em: 5 jul. 2022.