Tradução: Experiência, Natureza e Arte – John Dewey

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267832022154

Palavras-chave:

Experiência, Natureza, Arte, Estética, Pragmatismo

Resumo

Nota da tradução: Esta tradução refere-se ao ensaio original de 1925 publicado por John Dewey na Revista da Fundação Barnes (Journal of the Barnes Foundation) da qual ele participava como Diretor de Educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Laura Elizia Haubert, National University of Córdoba

Doutoranda em Filosofia pela Universidade Nacional de Córdoba, Argentina (Bolsista CONICET); Graduada e Mestre em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Cursando uma especialização em Arte e Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Autora dos livros “Sempre o mesmo céu, sempre o mesmo azul” (2017), “Memórias de uma vida pequena” (2019) e “Doce olho do furacão e outras fúrias” (2021, em edição).  

Referências

DEWEY, J. (1925). Experience, Nature and Art. Journal of the Barnes Foundation, v.1, n.3, p. 4-10.

Downloads

Publicado

2022-12-31

Como Citar

HAUBERT, Laura Elizia. Tradução: Experiência, Natureza e Arte – John Dewey . Revista Apotheke, Florianópolis, v. 8, n. 3, p. 154–160, 2022. DOI: 10.5965/24471267832022154. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/22865. Acesso em: 20 abr. 2024.