Derivas pelo arquivodocente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267822022021

Palavras-chave:

Arquivodocente, Pedagogia do Contar, Processos de Criação

Resumo

Este texto se constitui como escrita em travessia que se origina nas incursões realizadas nos guardados referentes às minhas práticas docentes dos anos 2017, 2018 e 2019, com foco na disciplina Laboratório de Produção Artística 1 (LAB1) ministrada para o quinto período do curso Artes Visuais Bacharelado, da Faculdade de Artes Visuais (FAV), da Universidade Federal de Goiás (UFG). Ao longo do texto, reconheço tais guardados como constituintes de meu arquivodocente e à medida que o vou percorrendo apresento os pilares que sustentaram minha prática artístico-pedagógica nos anos mencionados. No meio do caminho, destaco a emergência de uma pedagogia do contar como principal estratégia utilizada no estímulo à produção artística e aos processos de criação das e dos estudantes da disciplina LAB1 nesse período. Os referenciais teóricos citados apontam para os campos da pesquisa narrativa, dos estudos auto/biográficos e dos estudos decoloniais e foram sendo mencionados à medida que os fui reencontrando em meio às derivas pelo arquivodocente. Concluo ao reconhecer o caráter transformador, crítico e libertador dos atos de criação no ambiente universitário, capazes de desfazer e refazer ligações com nossas subjetividades, movendo-nos para outros lugares de onde podemos perceber novos modos de fazer, pensar, existir na arte, na educação e na vida. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manoela dos Anjos Afonso Rodrigues, Faculdade de Artes Visuais, Universidade Federal de Goiás (FAV/UFG)

Professora do curso Artes Visuais Bacharelado (FAV/UFG). Professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual (FAV/UFG), onde orienta e desenvolve investigações na linha de pesquisa Poéticas Artísticas e Processos de Criação, com ênfase na Pesquisa Autobiográfica em Arte. Líder fundadora do Núcleo de Práticas Artísticas Autobiográficas – NuPAA/UFG/CNPq

Referências

AFONSO, Manoela dos Anjos. Language and place in the life of Brazilian women in London: writing life narratives through art practice, 262 f. Tese de doutorado (Doctor of Philosophy in Arts) Chelsea College of Arts, University of the Arts London, Londres, 2016.

ANDREWS, Molly; SCLATER, Shelley Day; SQUIRE, Corinne; TREACHER, Amal. Lines of narrative: psychosocial perspectives. London: Routledge, 2000.

ANDREWS, Molly; SQUIRE, Corinne; TAMBOUKOU, Maria. Doing narrative research. 2a ed. London: Sage, 2013.

ANZALDÚA, Gloria. Falando em línguas: uma carta para as mulheres escritoras do terceiro mundo. Revista Estudos Feministas. Florianópolis, v. 8, n. 1, 2000. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ref/article/view/9880/9106 Acesso em: 8 jun. 2022.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: artes de fazer. 15ª ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

CLARETO, Sônia Maria; VEIGA, Ana Lygia Vieira Schil da. Uma escrita de muitos ou uma escrita em travessia. In: CALLAI, Cristiana; RIBETTO, Anelice. Uma outra escrita acadêmica: ensaios, experiências e invenções. Rio de Janeiro: Lamparina, 2016. p. 31-47.

CLARK, Lygia; OITICICA, Helio. Cartas, 1964-74. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1998.

CONCEIÇÃO, Matheus Pires da; CAVICCHIOLI, Henrique; RODRIGUES, Manoela dos Anjos Afonso. Correspondências: Vestígios do percurso da Criação. Goiânia: Gráfica UFG, 2019. Disponível em: https://files.cercomp.ufg.br/weby/up/403/o/Correspondencias_E-book_FAVUFG_CONCEIC%CC%A7A%CC%83O-CAVICCHIOLI-RODRIGUES.pdf Acesso em: 25 jun. 2022.

CURTIS, Barry; PAJACZKOWSKA, Claire. ‘Getting there’: travel, time and narrative. In: ROBERTSON, George; MASH, Melinda; TICKNER, Lisa; BIRD, Jon; CURTIS, Barry; PUTNAM, Tim. Travellers’ tales: narratives of home and displacement. London: Routledge, 1994. p. 199-215.

GÓMEZ, Pedro Pablo; MIGNOLO, Walter. Estéticas decoloniales. Bogotá: Universidade Distrital Francisco José de Caldas, 2012.

GONZÁLEZ, Jannifer A. Autotopographies. In: BRAHM, Gabriel; DRISCOLL, Mark. Prosthetic territories: politics and hypertechnologies. Colorado: Westview Press, 1995. p. 133-150.

LANCRI, Jean. Colóquio sobre a metodologia da pesquisa em artes plásticas na universidade. In: BRITES, Blanca; TESSLER, Elida (org.) O meio como ponto zero: metodologia da pesquisa em artes plásticas. Porto Alegre: Editora da Universidade UFRGS, 2002. p. 15-33.

LEJEUNE, Philippe. Diários e blogs. In: LEJEUNE, Philippe. O pacto autobiográfico: de Rousseau à internet. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008. p. 255-368.

PASSEGGI, Maria da Conceição. Narrativas institucionais de si: a arte de enlaçar reflexão, razão e emoções. In: In: MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene; SOUZA, Elizeu Clementino de. Pesquisa narrativa: interfaces entre histórias de vida, arte e educação. Santa Maria: Ed. da UFSM, 2017. p.99-123.

RODRIGUES, Manoela dos Anjos Afonso. Writing life narratives through art practice. Qualitative Research in Psychology, Philadelphia, v. 15, n. 2-3, Feb. 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1080/14780887.2018.1429866 Acesso em: 25 jun. 2022.

RODRIGUES, Manoela dos Anjos Afonso. Pesquisa autobiográfica em arte: apontamentos iniciais. Revista Nós: Cultura, Estética e Linguagens, Goiás, v. 6, n. 1, p. 95-130, maio 2021a. Disponível em: https://www.revista.ueg.br/index.php/revistanos/article/view/11364. Acesso em: 25 jun. 2021.

RODRIGUES, Manoela dos Anjos Afonso. O espaço autobiogeográfico em construção. Paralelo 31, Pelotas, n. 17, p. 138-167, dezembro 2021b. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/paralelo/article/view/22533/14153. Acesso em: 25 set. 2021.

SALLES, Cecília Almeida. Gesto inacabado: processo de criação artística. 3ª ed. São Paulo: FAPESP, Annablume, 2007.

SALLES, Cecília Almeida. Arquivos da criação: arte e curadoria. Vinhedo: Editora Horizonte, 2010.

SOUZA, Elizeu Clementino de; MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene. Entrelaçamentos entre histórias de vida, arte e educação. In: MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene; SOUZA, Elizeu Clementino de. Pesquisa narrativa: interfaces entre histórias de vida, arte e educação. Santa Maria: Ed. da UFSM, 2017. p. 13-21.

SQUIRE, Corinne; DAVIS, Mark; ESIN, Cigdem; ANDREWS, Molly; HARRISON, Barbara; HYDÉN, Lars-Christer; HYDÉN, Margareta. What is narrative research? London: Bloomsbury, 2014.

TAMBOUKOU, Maria. Genealogy/Ethnography: finding the rhythm. In: TAMBOUKOU, Maria; BALL, Stephen. Dangerous Encounters: genealogy and ethnography. New York: Peter Lang, 2003. p. 195-2016.

Downloads

Publicado

2022-10-06

Como Citar

RODRIGUES, M. dos A. A. Derivas pelo arquivodocente. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 8, n. 2, p. 021-041, 2022. DOI: 10.5965/24471267822022021. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/22371. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos Seção temática