A importância das Artes Visuais na aprendizagem das crianças

Autores

  • Eliane Maria Fogliarini Moura UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL - UFFS
  • Marilane Maria Wolff Paim Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267532019093

Palavras-chave:

artes visuais , desenho , criança

Resumo

O processo de construção da arte avançou muito até chegar às salas de aula como expressão da linguagem e papel fundamental de transformação humana para então contribuir significativamente para o desenvolvimento cognitivo, motor e afetivo da criança, além de possibilitar a sua expressão e a percepção de mundo. A importância de se trabalhar com as Artes Visuais na rotina escolar: desenho, pintura, modelagem, recorte e colagem, contribui para a caracterização das diferentes linguagens no processo de aprendizagem, possibilitando o desenvolvimento das emoções e a estrutura para a escrita. Para tanto, o desenho traz em seu conteúdo a expressão do pensar e do sentir da criança, o desenvolvimento motor e aquisições do seu relacionamento com o meio social. Assim, é importante compreender de que maneira a linguagem artística contribui para a aprendizagem da criança, identificar as possíveis metodologias que podem ser trabalhadas e relacionar a interação da criança com o mundo que a cerca.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliane Maria Fogliarini Moura, UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL - UFFS

Eliane Maria Fogliarini Moura, nascida no dia 21 de janeiro de 1966, na cidade de Faxinal do Soturno - RS. Graduada em  Pedagogia: Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental pela UNIJUÍ. Especialização em Tecnologias Pedagógicas para Educação pela Faculdade Anglicana de Erechim (FAE). Professora de Educação Infantil pela Prefeitura Municipal de Erechim. Com mais de vinte anos de experiência na área de Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Mestranda do curso de Pós-Graduação “Mestrado Profissional em Educação” em Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).

http://lattes.cnpq.br/9936733846327398

Marilane Maria Wolff Paim, Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Planalto Catarinense- UNIPLAC - (1984), mestrado em Educação e Ensino pela Universidade do Contestado (2001) e doutorado em educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS - (2009). Ocupou cargo de Pró- Reitora de Ensino no Ano de 2009/2 a 2010/1 e de 2006 a 2009 foi Chefe do Departamento de Ciências Humanas. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Alfabetização, atuando principalmente nos seguintes temas: formação docente; alfabetização; alfabetização de jovens e adultos; práticas pedagógicas; pesquisa; formação, educação básica. Atualmente possui vínculo docente/DE, na Universidade Federal da Fronteira Sul/Campus Erechim. Pesquisadora e líder do Grupo de Pesquisa. Educação, Formação Docente e Processos Educativos. Diretora Geral do Instituto Federal Catarinense - Campus Blumenau.

http://lattes.cnpq.br/8450316676913597

Referências

ALBINATTI, Maria Eugênia Castelo Branco. Artes visuais. Artes II. Belo Horizonte. 2008.

BACOCINA, E. A. Alfabetização e Arte: Sobre leituras de mundo, de letras, de imagens, de vida. Revela. Periódico de Divulgação Científica da FALS Ano II - Nº 04- Jan/Mai 2009.

BARBOSA, Ana Mae. A imagem no ensino da arte. São Paulo: Perspectiva, 2010.

BARBOSA, Ana Mae. Arte Educação no Brasil: do modernismo ao pós-modernismo. São Paulo, 2003. Disponível em: http://www. revista.art.br/site-numero-00/anamae.htm Acesso em: 23 out. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BUORO, Anamália B. Interdisciplinaridade In: Inquietações e Mudanças no Ensino da Arte. 4ed. São Paulo: Cortez, 2008.

CUNHA, Suzana Rangel Vieira. Cor, som e movimento: a expressão plástica, musical e dramática no cotidiano da criança. Porto Alegre: Mediação, 1999.

DUARTE JÚNIOR, João Francisco. Fundamentos estéticos da educação. São Paulo: Papirus, 2002.

FERREIRO, Emília, TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da Língua Escrita. Trad. Diana Myriam Lichtenstein, Liana Di Marco e Mário Corso. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999.

LEI DE DIRETRIZES E BASES PARA A EDUCAÇÃO BRASILEIRA. Disponível em: www.planetaeducacao.com.br/novo/ legislacao/ Acesso em: 21/10/2019.

LUQUET, G. H. O desenho infantil. Porto: Editora do Moinho, 1969.

MOREIRA, A. A. A. O Espaço do desenho: a educação do educador. São Paulo: Loyola, 1991.

PARELLADA, C.I. Arte Rupestre no Paraná, revista científica/ Fap, Curitiba, Paraná, Brasil, v.4, n.1, p.1-25, jan./jun. 2009.

PIAGET; INHELDER, B. A psicologia da criança. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1973.

RIBEIRO, Neuci, Martins; NUNES, Ana Luiza Ruschel. 2014. Leitura de Imagem: uma compreensão crítica da arte visual. In: ConFAEB, II Congresso Internacional da Federação de Arte-Educadores; XXIV Congresso Nacional da Federação de Arte-Educadores do Brasil: Ponta Grossa-PR. 2014.

Downloads

Publicado

2019-12-31

Como Citar

FOGLIARINI MOURA, E. M.; WOLFF PAIM, M. M. A importância das Artes Visuais na aprendizagem das crianças. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 5, n. 3, 2019. DOI: 10.5965/24471267532019093. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/16492. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos Seção temática