FORMAÇÃO E VIDA: COMO ENFRENTAR O CANTO DAS SEREIAS?

Autores

  • Carolina Votto CEMLM

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267322017061

Palavras-chave:

formação, vida, arte, ético-estético, transfiguração

Resumo

O ensaio intitulado Formação e Vida: como enfrentar o canto das sereias? Tem como escopo refletir sobre o processo formativo moderno, e sua relação com os conceitos abordados pelo filósofo alemão Friedrich Nietzsche na Consideração Intempestiva sobre a utilidade e os inconvenientes da História para a vida de 1874. Análise está presente em sua segunda consideração intempestiva, bem como, a relação com o conceito de transfiguração e a possibilidade de uma educação que se volte para o horizonte da vida a partir de uma perspectiva ético-estética, levando em consideração um pensamento artista em detrimento de uma formação cientificista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carolina Votto, CEMLM

Mestre em Teoria e História da Arte (2011), pelo Centro de Artes, no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Graduada em licenciatura no curso de Filosofia (2006), pela Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) - RS. Possui experiência como docente e orientadora de pesquisa nas áreas de Estética, Filosofia da Arte e Educação. Também atua como professora de Filosofia e articuladora da área de Ciências Humanas do Centro Educacional Marista Lucia Mayvorne – Florianópolis, SC.

http://lattes.cnpq.br/6311995499245221

Referências

BARTHES, Roland. Como viver junto. Simulações romanescas de alguns espaços cotidianos: cursos e seminários do Collége de France, 1976-1977. – São Paulo: Martins Fontes, 2013.

BECKETT, Samuel. PROUST. – São Paulo: Cosac Nayfi, 2003. p. 2003.

CAMPOS, Augusto. Invenção de Arnaut e Raimbaut a Dante e Cavalcanti. In: Cantos de Dante & canções de Cavalcanti. – São Paulo: Arx, 2003.

DELEUZE, Gilles. Nietzsche e a filosofia. – Porto: Rés-Editora. DIAS, Rosa. Nietzsche educador da humanidade revista Impulso. In: Revista Lampejo, Fortaleza. Nº 2 – out./2012.

FOUCAULT, Michel. Traduzido a partir de FOUCAULT, Michel. Dits et Écrits. Paris: Gallimard, 1994, Vol. IV, pp. 783-813, por

Wanderson Flor do Nascimento e Karla Neves.

Haar, Michel. Vida e totalidade natural. In: cadernos Nietzsche 5, p. 13-37. – São Paulo: GEN, 1998

HOMERO. ODISSÉIA. In: Canto 12. – São Paulo: Cosac Naify, 2014

NIETZSCHE, Friedrich. Prefácio da segunda edição de A Gaia Ciência (1886). In: Obras incompletas. – São Paulo: Nova cultural, 1987.

NIETZSCHE, Friedrich. Ecce Homo como alguém se torna o que é.- São Paulo: Cia das letras, 1995.

NIETZSCHE, Friedrich. O Nascimento da Tragédia.- São Paulo: Cia das Letras, 1992. p. 14.

NIETZSCHE, Friedrich. Crepúsculo dos ídolos ou como se filosofa com o martelo.- Petrópolis: Vozes, 2014. p.60-61.

NIETZSCHE, Friedrich. Escritos sobre história. – São Paulo: Folha de São Paulo, 2015.

VIESENTEINER, Jorge Luiz.– Nietzsche e Deleuze: sobre a arte de transfigurar. In: Discusiones Filosóficas. Año 12 Nº 18, enero – junio, 2011.

Downloads

Publicado

2017-07-10

Como Citar

VOTTO, C. FORMAÇÃO E VIDA: COMO ENFRENTAR O CANTO DAS SEREIAS?. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 3, n. 2, 2017. DOI: 10.5965/24471267322017061. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/10079. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Seção temática