Drama e a teoria histórico-cultural: interlocuções possíveis

Diego de Medeiros Pereira

Resumo


O presente texto busca propor um diálogo entre o Drama, método inglês de ensino e experimentação do teatro, difundido no Brasil pela professora Beatriz Cabral, e a teoria histórico-cultural de Lev Vygotsky (1896-1934), uma das principais referências que fundamenta as propostas curriculares voltadas à Educação brasileira. A interlocução é proposta a partir de três conceitos presentes tanto na teoria de Vygotsky quanto na abordagem do Drama: contexto, interação e mediação. Intenta-se lançar bases para uma discussão acerca da dimensão pedagógica dessa abordagem para o ensino do teatro, enfatizando-se sua proximidade com as reflexões pedagógicas contemporâneas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573101242015174



Direitos autorais



 

    

 

Indexadores

 

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.