A cultura afro-brasileira: na liminaridade entre as artes da cena e as pesquisas fenomenológicas

Gustavo Pereira Côrtes

Resumo


Nos tempos atuais, o estudo de tradições africanas no Brasil e suas possibilidades de apropriação para a composição de trabalhos nas chamadas artes da cena tem sido cada vez mais valorizado nos programas de pós-graduação em Artes. Tais pesquisas evidenciam um questionamento epistemológico: como realizar a transposição dos conhecimentos tradicionais manifestados especialmente nos rituais e festas de origem africana no Brasil para a realização de performances e/ou trabalhos na pós-graduação? Este artigo prevê a divulgação e a valorização da cultura afro-brasileira através do trabalho de vários pesquisadores, das possibilidades de apropriação de tais conhecimentos e de suas interações com as artes e a educação.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573101242015118



Direitos autorais



 

    

 

Indexadores

 

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.