Apontamentos sobre o figurino entre as artes cênicas e visuais

Manoel Silvestre Friques

Resumo


Neste artigo, são apresentados obras e processos artísticos que possuem, como ponto de partida, a manipulação de procedimentos comuns ao ofício do figurinista. Sendo assim, procura-se observar aqui as diversas maneiras encontradas por alguns artistas-figurinistas para transformar a costura, o bordado, a tecelagem, dentre outros fazeres, em proposições estéticas. Antes de reforçar a separação entre as artes cênicas e as visuais, propõe-se então a consideração destas como um campo híbrido e ampliado no qual situam-se as obras de Bob Wilson, Cindy Sherman, Leonilson, Bispo do Rosário, Letícia Parente e Sheila Hicks.    


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573101222014181



Direitos autorais



 

    

 

Indexadores

 

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.