A intersecção entre reprodutibilidade e espontaneidade no trabalho do ator

Lídia Olinto, Matteo Bonfitto

Resumo


Este artigo tem como objetivo refletir sobre a relação entre reprodutibilidade e espontaneidade no trabalho do ator. Nesse sentido, a escolha dos vários interlocutores apontados aqui – teóricos e artísticos – foi feita em função, sobretudo, da necessidade de, ao mesmo tempo, problematizar e ampliar o horizonte dessa temática. Percebidos em sua processualidade, ambos, reprodutibilidade e espontaneidade passam a ser agentes de tensões geradoras de múltiplas reverberações.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573101202013119



Direitos autorais



 

    

 

Indexadores

 

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.