O Salto dos Órfãos: o pós-modernismo sem modernismo da dramaturgia peruana atual

Alfredo Bushby, Tradutor: Juliano Borba

Resumo


A dramaturgia peruana moderna se configurou como um movimento inexistente, principalmente pela falta de um “pai” que a introduzisse na modernidade, que a encaminhasse numa continuidade da tradição, que desse aos novos dramaturgos a sensação de possibilidade. No entanto, é precisamente essa “orfandade” que há feito com que a dramaturgia peruana pós-moderna desse um salto quantitativo e qualitativo não visto durante todo o século XX. A falta do “pai” nos tempos em que os patrocínios se desmantelam ou já não interessam, pode ser um impulso antes que um obstáculo. 

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573101202013059



Direitos autorais



 

    

 

Indexadores

 

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.