DO E-LEARNING AO M-LEARNING - REFLEXÃO PARA A MUDANÇA

Ana Luísa Mülbert, Dênia F. de Bittencourt, Jucimara Roesler

Resumo


Este artigo focaliza processos de ensino e aprendizagem baseados nas Tecnologias de
Informação e Comunicação (TICs) para promover diversificadas formas de interação e comunicação.
Em um cenário em que alunos, que não possuem um ponto fixo para realizar seus estudos, fazem
amplo uso de ambientes virtuais de aprendizagem, os recursos de conectividade às redes de
comunicação e às tecnologias móveis criam as condições para o desenvolvimento do m-learning. A
metodologia de educação a distância do Campus Virtual da Unisul, uma universidade brasileira,
mesmo já agregando as características de flexibilidade e de mobilidade no seu modelo atual,
necessita desenvolver características para atender o cenário emergente da comunicação sem fio
(wireless), da convergência das mídias e das TICs. Para isso a instituição criou um grupo de pesquisa
para investigar os caminhos e estratégias que podem melhor conduzir o processo de mudança em
direção ao uso das tecnologias móveis em seu modelo de ensino. Observou-se que são diversas as
possibilidades de aplicação dos dispositivos móveis, e a complexidade está em identificar quais são
as aplicações pedagógicas que realmente valem a pena serem desenvolvidas para ampliar o sentido
da educação a distância e agregar valor com as práticas de m-learning.

Palavras-chave


Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs). M-learning. E-learning.

Texto completo:

PDF