PROJETO DE EXTENSÃO PROMOÇÃO E INCENTIVO AO ALEITAMENTO MATERNO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Silvana dos Santos Zanotelli, Andreia Cristina Dall Agnol, Grasiele Fátima Busnello, Jucimar Frigo, Marta Kolhs, Rosana Amora Ascari

Resumo


O projeto de extensão “Promoção e incentivo ao aleitamento materno” do Departamento de Enfermagem, do Centro de Educação Superior do Oeste, da Universidade do Estado de Santa Catarina visou trabalhar com os acadêmicos, profissionais de enfermagem e comunidade em geral a questão do aleitamento materno na educação em saúde, considerando que a amamentação é a prática alimentar mais adequada para a criança até 6 meses de idade, o que contribui para o desenvolvimento saudável da criança. Muitos estudos sugerem que a amamentação confere vantagens intelectuais, de crescimento e desenvolvimento, imunológicas e psicológicas às crianças. Sabe-se que apesar das recomendações sobre o aleitamento materno exclusivo, esta prática não é frequente, conforme mostram as pesquisas realizadas em diversas regiões do país. O intuito deste projeto foi acompanhar a Semana Mundial de Aleitamento Materno que acontece anualmente na primeira semana do mês de agosto, conforme preconiza a OMS (1948), capacitando assim alunos e profissionais de Enfermagem para que os mesmos possam atuar junto a comunidade no incentivo, promoção e manejo ao aleitamento materno, minimizando os elevados índices de desmame precoce, bem como as consequências pela falta da amamentação. Para propagação do conhecimento foram desenvolvidas ações incluindo campanhas na mídia, treinamento de profissionais de saúde, além de aconselhamento individualizado em amamentação. Foram observados os aspectos éticos, legais e culturais da população na realização das orientações sobre manejo do aleitamento materno.
Palavras-chave: Aleitamento materno. Educação em saúde. Educação em Enfermagem.

Texto completo:

PDF


UDESC em Ação. ISSN: 1982-7776