“Este tipo de campanha vai provocar grandes baixas em nosso núcleo organizado”. Estratégias e experiências de um militante da esquerda armada entre os desempregados de São Paulo na década de 1980

Lucas Porto Marchesini Torres

Resumo


O artigo investiga a inserção de Antonio Prestes de Paula no movimento dos desempregados de São Paulo na década de 1980, quando ele atuava simultaneamente no Partido dos Trabalhadores (PT) e no Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR). O texto se pauta em documentos apreendidos na residência de Prestes de Paula, após seu envolvimento num assalto a banco em Salvador/BA (1986), evento que se constituiu no paroxismo de uma prática das esquerdas armadas brasileiras, das quais Prestes de Paula é exemplar personificação, e que se encontravam em franco descenso na década de 1980. Tais fontes (textos partidários, cartas pessoais, notas de encontros, atas, etc.) revelam pormenores da experiência de Prestes entre os desempregados paulistas, entre os quais defendia princípios do PCBR, e o quanto sua insistência em estratégias de conflito típicas das esquerdas armadas das décadas anteriores contribuiu para seu isolamento. Na contramão dos movimentos sociais da década de 1980, Prestes de Paula e o PCBR defendiam princípios e práticas que muitas vezes ignoravam experiências e valores dos sujeitos com quem se relacionavam.


Texto completo:

PDF

Referências


BETTO, Frei (Org.). O desemprego: causas e consequências. São Bernardo do Campo: Edições Paulinas, 1984.

CHAUÍ, Marilena. PT “leve e suave”?. In: SADER, Emir (Org.). E agora, PT? caráter e identidade. São Paulo: Brasiliense, 1986, p. 43-99.

COSTA, Hélio da. O novo sindicalismo e a CUT: entre continuidades e rupturas. In: FERREIRA, Jorge; REIS FILHO, Daniel Aarão (Orgs.). Revolução e democracia (1964-…). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007, p. 595-635.

DIRCEU, José; POMAR, Wladimir. Algumas considerações sobre as tendências organizadas no PT. Praxis, Porto Alegre: n. 4, out. 1986, p. 9-36.

DOIMO, Ana Maria. A vez e a voz do popular: movimentos sociais e participação política no Brasil pós-70. Rio de Janeiro: Relume-Dumará/ANPOCS, 1995.

GARCIA, Marco Aurélio. O PCBR na agonia do militarismo. Em Tempo, ano III, n. 94, 13/12/1979.

GARCIA, Marco Aurélio. PCBR: da formação à tentação militarista. Em Tempo, ano III, n. 93, 5/12/1979.

GORENDER, Jacob. Combate nas trevas. 6. ed. rev. e ampl.. São Paulo: Ática, 2003.

HARNECKER, Marta. O sonho era possível: história do Partido dos Trabalhadores narrada por seus protagonistas. São Paulo: Casa América Livre, 1994.

HOBSBAWM, Eric. Deveriam os pobres se organizar?. In: HOBSBAWM, Eric. Mundos do trabalho: novos estudos sobre a história operária. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2000, p. 399-415.

RIDENTI, Marcelo. O fantasma da revolução brasileira. São Paulo: Unesp, 1993.

SADER, Eder. Protestos sem juízo: os saques de abril. Desvios, n. 2, p. 8-17, 1983.

SADER, Eder. Quando os novos personagens entraram em cena: experiências, falas e lutas dos trabalhadores da Grande São Paulo, 1970-80. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

SADER. Emir (Org.). Movimentos sociais na transição democrática. São Paulo: Cortez Editora, 1987.

SECCO, Lincoln. História do PT (1979-2010). Cotia: Ateliê Editorial, 2011.

SOUSA, Nair H. Bicalho. Crise e Tensões Sociais: o movimento dos trabalhadores sem emprego em São Paulo. In: IV ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS POPULACIONAIS, 1984, São Paulo: Anais... São Paulo: 1984. v. 3. p. 1415-1431.

SOUZA, Lincoln Moraes de. Das marcas do passado à primeira formação transição do PT. Perseu, São Paulo, n. 2, p. 11-28, 2008.

TORRES, Lucas Porto Marchesini. Estratégias de uma esquerda armada. Militância, assaltos e finanças do PCBR na década de 1980. Salvador: Edufba, 2017.

TORRES, Lucas Porto Marchesini. Percursos e percalços do sargento Prestes de Paula: trajetória de um militar comunista em busca de entrosamento social no Brasil Republicano. Mundos do Trabalho, Florianópolis, v. 8, p. 33-56, 2016.

VIANA, Gilney Amorim. A revolta dos bagrinhos. Belo Horizonte: Segrac, 1991.




DOI: https://doi.org/10.5965/2175180310242018452

Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em História - PPGH
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi - Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001            Telefone: (48) 3664-8585
tempoeargumento@gmail.com