A Revolução de Outubro na história do século XX

João Quartim de Moraes

Resumo


Evocado em 1848 por Marx e Engels, o espectro do comunismo encarnou-se em 1871 na Comuna de Paris. Nas décadas seguintes, a perspectiva da conquista do poder pela classe operária deslocou-se para a Alemanha. Desde 1907, a II Internacional mobilizara-se contra a guerra. Quando esta eclodiu, em 1914, a maioria dos dirigentes socialdemocratas dos países beligerantes aderiu ao patriotismo belicoso. Lênin fazia parte da minoria que condenou a carnificina, explicando-a pela transformação imperialista do modo capitalista de produção. Em fevereiro de 1917 o povo russo derrubou o Czar, mas não conseguiu nem a paz nem a terra. Em outubro 1917, os sovietes conquistaram o poder. Entre 1918 e 1924, sucessivos levantes proletários abalaram a Europa devastada e dizimada pela guerra. A Internacional Comunista foi fundada em 1919 para coordenar, a partir da Rússia Soviética, as lutas operárias e anticoloniais. Eles aprofundaram-se na Ásia, com a China em plena ebulição. Durante as décadas seguintes, até o final do terceiro quarto do século XX, os comunistas estiveram na linha de frente dos combates revolucionários em escala mundial.

-

Announced in 1848 by Marx and Engels, the specter of communism incarnated in 1871 in Paris Commune. In the following decades, the prospect of conquest of power by the working class went to Germany. Since 1907, the II International had mobilized against the war. When it broke out in 1914, most of the social democratic leaders of warring countries adhered to the bellicose patriotism. Lenin was part of the minority who condemned the carnage, explaining it by the imperialist transformation of capitalist mode of production. In February 1917 the Russian people overthrew the Tsar, but didn’t obtain nor peace nor land. In October 1917, the Soviets won power. Between 1918 and 1924, successive proletarian uprisings have shaken Europe devastated and decimated by war. The Communist International was founded in 1919 to coordinate, from the Soviet Russia, the workers' and anti-colonial struggles. They deepened in Asia, with China in full boil. During the following decades, until the end of the third quarter of the 20th century, the Communists were on the front line of the fighting revolutionaries on a global scale. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/2175180310232018381

Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em História - PPGH
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi - Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001            Telefone: (48) 3664-8585
tempoeargumento@gmail.com