A crise de fim de século na Bolívia. A ascensão contemporânea da plurinacionalidade no contexto andino-amazônico

Daniel Santiago Chaves Ribeiro

Resumo


A questão a ser analisada neste texto – a da multiculturalidade, como questão, acabava apontada para a República tal qual se conhecia na Bolívia – articulará o ponto culminante da crise política desta primeira década do século XXI, considerando o papel das etnicidades neste contexto de desmantelamento, do global para o local, e a rigidez destas estruturas no caso boliviano. Em resumo, o que era colocado em questão era a sobrevivência do Estado boliviano tal qual existira desde 1825 e se desenvolvera historicamente, e como as plurinacionalidades – um reflexo contemporâneo das tendências multiculturais do século XXI – incidiram sobre tal fenômeno de desmontagem das relações de poder cristalizadas em tal país. Em corte histórico, os desdobramentos desta crise de modelos representativos, éticos e estruturais, se refletiriam por toda a região sul-americana e amazônica, com o posterior surgimento de novas dinâmicas sociais reformadoras.

 

Palavras-chave: Política e Governo. Multiculturalismo. História.


Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Everaldo. A revolução boliviana. São Paulo: Editora UNESP, 2007.

BENNETT, David. Multicultural states: rethinking difference and identity.EUA: Psychology Press, 1998.

CHAVES, Daniel; SÁ, Miguel & ARAUJO, Rafael. Bolívia: passos das revoluções. Niterói: Muiraquitã, 2009.

DANGL, Benjamin. The price of fire. EUA: AK Press, 2007.

GARCÍA DELGADO, Daniel. Estado-nación y globalización. Buenos Aires: Ariel, 1998.

GARCIA LINERA, Álvaro.Crisis estatal y época de revolución. In: ______. La Poténcia Plebeya. Argentina: Prometeo Libros Editora, 2008.

GARCIA LINERA, Álvaro .El Capitalismo Andino-Amazônico. Le Monde Diplomatique, Janeiro de 2006.

KAY, Cristóbal; URIOSTE, Miguel. La reforma agrária inconclusa en el Oriente de Bolívia. Disponível em: . Acesso em: 23 jun. 2014.

MIGUEL, Luis Felipe. Representação Política em 3-D - Elementos para uma teoria ampliada da representação política. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 18, n. 51, fev. 2003.

PANNAIN, Rafaela. Estado, movimentos sociais e crise na Bolívia: tensões na consolidação de um processo político. Disponível em: . Acesso em: 17 jun. 2014.

PITKIN, Hanna. The concept of representation. EUA: Berkeley, 1967.

ROCHA, Maurício Santoro. A outra volta do bumerangue: Estado, movimentos sociais e recursos naturais na Bolívia (1952-2006). In: Bolívia: de 1952 ao Século XXI. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, Ministério das Relações Exteriores, 2006.

SABINO, Carlos. La hiperinflación boliviana. Disponível em: . Acesso em: 23 abr. 2014.

SACHS, Jeffrey. The end of poverty: economic possibilities for our time. EUA: Penguin Press, 2005.

STANDING, Guy. O precariado e a luta de classes. Revista Crítica de Ciências Sociais, 103, maio, 2014.

STRÖBELE-GREGOR, Juliana. Ley de Participación Popular y movimiento popular en Bolívia. In: HENGSTENBERG, Peter; KOHUT, Karl & MAIHOLD, Günther (Orgs.). Sociedad Civil en América Latina: representación de intereses y gobernabilidad. Caracas: Nueva Sociedad, 1999.

TREJO, Guillermo. Etnicidad y Movilización Social: Una Revisión Teórica con Aplicaciones a la ´Cuarta Ola` de Movilizaciones Indígenas en América Latina. In: Política y gobierno, v. 7, n. 1, 2000.

URENDA DIAZ, Juan Carlos. Separando la paja del trigo: bases para constituir las autonomias departamentales. 3. ed., Santa Cruz de la Sierra, Bolivia: Academia Boliviana de Estudios Constitucionales y El País, 2006.

URQUIDI, Vivian Grace Fernandez Davila. Descolonização e Estados Plurinacionais. In: 35o Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais, 2011, Caxambu - MG. GT26 - Pensamento social latinoamericano. São Paulo: ANPOCS, 2011. p. 1-30.




DOI: http://dx.doi.org/10.5965/2175180306132014174

Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em História - PPGH
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi - Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001            Telefone: (48) 3664-8585
tempoeargumento@gmail.com