FAMÍLIA, MODERNIZAÇÃO CAPITALISTA E DEMOCRACIA: retomando alguns marcos do antigo debate sobre as transformações da família no BrasilFAMILY, CAPITALIST MODERNIZATION AND DEMOCRACY

Maria Fatima Araujo

Resumo


http://dx.doi.org/10.5965/2175180303012011180

 

O artigo aborda as transformações da família no Brasil sob a influência do capitalismo e da modernização conservadora, termo utilizado pelos analistas brasileiros para caracterizar a tendência conservadora da modernização observada em diferentes momentos da sociedade, em especial  no período pós-1964. Sem a pretensão de esgotar o tema, busca-se fazer um resgate histórico das mudanças de valores e comportamentos que marcaram a passagem da tradicional família patriarcal, hierárquica e autoritária, para uma organização familiar mais igualitária, novo ideal de família que emerge nos anos oitenta do século passado, no bojo da ideologia individualista e das mobilizações feministas e democráticas em torno da luta pela igualdade de gênero, de direitos e cidadania.


Texto completo:

PDF


Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em História - PPGH
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi - Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001            Telefone: (48) 3664-8585
tempoeargumento@gmail.com