ALGUNS LUGARES DE MEMORIA DE PROCESSOS DIASPORICOS: narrativas de mulheres brasileiras e argentinas na Itália contemporânea
SOME REALMS OF MEMORY OF DIASPORIC PROCESSES: narratives of Brazilian and Argentinean women in the contemporary Italy

Luis Fernando Beneduzi

Resumo


As experiências migratórias, como parte de processos de reelaboração  identitária próprios das dinâmicas diaspóricas, trazem consigo a construção de  novas relações entre o “eu” e os “outros”.   De fato, as formas de autorrepresentação e de vivência do espaço-tempo  sofrem uma sensível transformação, produzindo indivíduos hibridizados.  Esse processo, típico do fenômeno  imigratório, de contato e confronto com novas alteridades, enriquece e  aprofunda uma dinâmica de recriação de lugares de memória que se vinculem à  nova realidade.  O objeto central do  presente artigo é, justamente, buscar identificar e narrar alguns espaços  mnemônicos que foram se construindo ao longo dos últimos dez anos de imigração  sul-americana na Itália, levando em conta as vivências de mulheres brasileiras  e argentinas.  Percebe-se que alguns  lugares – locais físicos ou experiências individuais ou coletivas – acabaram  ocupando uma dimensão especial nas narrativas da imigração, transformando-se em  parte de uma liturgia mnemônica da vivência diaspórica.

Palavras-Chave: Memória. Identidade. Imigração Internacional.  Representações. Diáspora.


Abstract

The immigration experiences,  as a part of the identities process, usual in the diasporic dynamics, take with  them the construction of new relationships between the “I” and the  “others”.  In fact, the forms of  self-representation and of experiencing the space-time went through a strong  transformation, creating hybridized individuals.  This typical process of the immigration  phenomenon, that produces the contact and comparison with the new alterities,  enrich and intensify a dynamic of recreation of the realms of memory that make  sense in the new reality.  The main  objective of this paper is to identify and to narrate some mnemonic places that  have been built in the last ten years of the South American immigration in Italy,  considering the life story of Brazilian and Argentinean women.  We can observe that some spaces – physical  places or individual/collective experiences – occupied a special dimension in  the immigration narratives, becoming part of a mnemonic liturgy of a diasporic  life.

Keywords:
Memory. Identity.  International Immigration. Representation. Diaspora.


Texto completo:

PDF


Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em História - PPGH
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi - Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001            Telefone: (48) 3664-8585
tempoeargumento@gmail.com