Ensaios preliminares para produção de estruturados com Acerola e Ciriguela

Jailma Custodio Ribeiro Santos, Morgana Bispo Dos Anjos, Gabriella Freitas de Jesus, Jaqueline Dos Santos Bastos, Naiana Alves de Oliveira, Sílvia Maria Almeida de Souza, Ernesto Acosta Martinez

Resumo


 A fruta estruturada surge como uma boa opção ao processamento de frutas, pois mantêm as características do produto final próximas as do fruto in natura, através da adição de hidrocolóides à polpa. O objetivo do trabalho foi estabelecer as condições para desenvolver formulações de estruturados de polpas de acerola e de ciriguela com boas características físico-químicas. A acerola e ciriguela foram adquiridas em Coração de Maria-BA e Feira de Santana-BA, respectivamente, submetidas aos processos de higienização, despolpamento e concentração a vácuo das polpas. Nas formulações dos estruturados foi avaliado o efeito das concentrações de pectina (0,40 – 1,31 g), alginato (0,1 – 0,3 g) e gelatina (1,33 – 2,50 g) sobre a atividade de água (Aw), sólidos solúveis (SS) e peso seco (PS). As polpas de acerola e ciriguela (6,0 e 21,0 ºBrix, respectivamente) foram concentradas até 11,5 e 29,0ºBrix, respectivamente. Com o uso de maior concentração de pectina e menores concentrações de alginato e gelatina foram obtidos estruturados de acerola com menor Aw (13,64%). Maior concentração de pectina forneceu estruturados de ciriguela com similar Aw (0,687) independentemente das concentrações de alginato e gelatina utilizadas. Com ambas as polpas, o uso de menor concentração de pectina, alginato e gelatina forneceram produtos com textura fora dos padrões para estruturado. O PS após a secagem se manteve praticamente constante nos estruturados de acerola (70%) e de ciriguela (76%).


Palavras-chave


Acerola, Ciriguela, Estruturados, Hidrocolóides

Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO A. V., MATTIETTO R. A., VASCONCELOS M. A. M., Aproveitamento da Casca do Bacuri para Fabricação de um Novo Produto, Comunicado Técnico 209 EMBRAPA. Belém, PA, Set. 2008.

CAVALCANTI, D. T. B. Desenvolvimento de fruta estruturada simples e mista com ciriguela e acerola. Dissertação (Ciência e Tecnologia de Alimentos)- Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2012.

BRASIL, Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO), 2. ed., Campinas, SP, 2006.

GRIZOTTO, R. K., et al, Otimização via metodologia de superfície de respostas dos parâmetros tecnológicos para produção de fruta estruturada e desidratada a partir de polpa concentrada de mamão. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v.25, n.1, p.158-164. Campinas, jan –mar de 2005.

INSTITUTO ADOLFO LUTZ (IAL). Métodos físico-químicos para análise de alimentos. 4 ed. São Paulo: Instituto Adolfo Lutz, 2008.

JOHNSON, P. D. Acerola (Malpighia glabra L., M. punicifolia L., M. emarginata D.C.): agriculture, production and nutrition. World Review of Nutrition and Dietetics, v. 91, p. 67-75, 2003.

KALENTUC, G.; NUSSINOVITCH, A.; PELEG, M. Alginate texturization of highly acid fruit pulps and juices. Journal of Food Science, v. 55, n. 6, p. 1759-1761, 1990.

LIMA, F.M.; MARTINEZ, E. A.; SOUZA, S. M. A.; SILVA, C. M. R.; BATISTA, Y. C. Aproveitamento do pedúnculo de caju para elaboração de fruta estruturada. Magistra, v.26, p.203-207, 2014.

LINS, A. C. A. Desenvolvimento de fruta estruturada com umidade intermediária obtida de polpas concentradas de três genótipos de cajazeira (Spondias mombin L.). Dissertação (Mestrado em tecnologia de alimentos)- Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2010.

MATTA, V. M.; CABRAL; L. M. C. Suco de acerola. In: Venturini Filho, W. G., Bebidas não alcoólicas: ciência e tecnologia. São Paulo: Edgard Blucher, v. 2. cap. 12, p. 211-225, 2010.

MELO, B., ALMEIDA, M. S., Valor Nutricional das Frutas, [S.l.], 2015. Disponível em: . Acesso em: 18 jan. 2016.

NUSSINOVICHT, A.; KOPELMAN, I. J.; MIZRAHI, S. Modeling the combined effect of fruit pulp and sugar and gum on some mechanical parameters of agar and alginate gel. Lebnsmitteel Wissenschaft and Tecnologie, v.24, n.6, p.513-517, 1991.

PINO, J. A.; MARBOT, R. Volatile flavor constituents of acerola (Malpighia glabra DC.) fruit. Journal of Agricultural and Food Chemistry, v.49, p.5880−5882, 2001.

ROCHA, G. L., Características da acerola. [S.l.], 2008. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2015.

SOARES, A. A. J. Avaliação físico-química e bromatológica da polpa de Spondias purpúrea L (ciriguela) na região do semiárido central paraibano. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais)-Universidade Federal de Campina Grande, Patos. 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista do Congresso Sul Brasileiro de Engenharia de Alimentos, Pinhalzinho, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2447-3650.

Classificação Qualis - CAPES:

Ciências Ambientais B5

Engenharias II B5

A Revista CSBEA está indexada nos repositórios Latindex, Livre e Sumários.org

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By