Determinação da atividade antimicrobiana do extrato purificado do cogumelo Agaricus blazei cultivado por fermentação em estado sólido

Nathieli Bastos Souza, Camila Ramão Contessa, Luciano Almeida, Ana Paula Manera, Caroline Costa Moraes

Resumo


Cogumelos são fungos macroscópicos e por não possuírem clorofila, necessitam absorver nutrientes do ambiente para sobrevivência, utilizando substâncias orgânicas em decomposição para sua nutrição. Alguns cogumelos como o Agaricus blazei tem mostrado seu potencial antimicrobiano frente a bactérias, bolores e algumas doenças, pela ação de compostos bioativos encontrados no micélio e corpo de frutificação. Para um maior aproveitamento destes compostos do basidiocarpo do cogumelo, são necessárias etapas de purificação. Existem muitas formas de purificar um composto, mas as técnicas cromatográficas em geral são preferidas, por sua resolução e recuperação obtidas. Com isso, objetivou-se a extração, purificação por permeação em gel e a análise antimicrobiana do extrato do cogumelo Agaricus blazei, frente ao micro-organismo Staphylococcus aureus. A fim de avaliar a capacidade antimicrobiana do extrato, foram feitas análises de porcentagem de inibição utilizando a metodologia descrita pela NCCLS (2003), as leituras de absorvância dos poços da microplaca com as amostras, foram feitos em leitora de microplacas e após, foram realizados os cálculos de porcentagem de inibição. Os resultados de inibição obtidos foram satisfatórios para 3 frações purificadas do extrato, frente ao micro-organismo estudado, mostrando a eficiência do processo de purificação, visto que a amostra bruta do extrato do cogumelo não apresentou inibição contra o mesmo micro-organismo.

Palavras-chave


Cogumelos comestíveis; Antimicrobiano; Purificação

Texto completo:

PDF

Referências


ALLIATI, C. Enriquecimento nutricional no cultivo do Agaricus blazei com ferro e zinco e elaboração de preparação alimentícia com a farinha do cogumelo. Centro Universitário UNIVATES. 99 pag. Lajeado – RS. 2014.

BERNARDSHAW, S; JOHNSON, E; HETLAND, G. An Extract of the Mushroom Agaricus blazei Murill Administered Orally Protects Against Systemic Streptococcus pneumoniae Infection in Mice. Scandinavian Journal of Immunology, v. 62, n. 4, p. 393-398, 2005.

CONTESSA, C. R; SOUZA, N. B; ALMEIDA, L; MANERA, A. P; MORAES, C. C. Avaliação da atividade antimicrobiana do cogumelo comestível Pleorutus sajor-caju em diferentes temperaturas. XXVI Congresso Regional de Iniciação Científica e Tecnológica em Engenharia - CRICTE, 2014.

FORTES, R. C; NOVAES, M. R. C. G. Efeitos da suplementação dietética com cogumelos Agaricales e outros fungos medicinais na terapia contra o câncer. Revista Brasileira de Cancerologia, v. 52, n. 4, p. 363-371, 2006.

LAKHANPAL, T. N; RANA, M. Medicinal and nutraceutical genetic resources of mushrooms. Plant Genetic Resources, v. 3, n. 2, p. 288-303, 2005.

MANTOVANI, M. S; Bellini, M. F; Angeli, J. P. F; Oliveira, R. J; Silva, A. F; Ribeiro, L. R. β-Glucans in promoting health: Prevention against mutation and cancer. Reviews in Mutation Research, v. 658, n. 3, p. 154-161, 2008.

MAZZUTTI, S. Obtenção de extrato de Cogumelo do Sol (Agaricus Brasiliensis): atividade antioxidante, antibacteriana e antifúngica. Universidade Federal de Santa Catarina – Florianópolis. 119 pag. Santa Catarina- SC, 2012.

MIZUNO, T. Medicinal Properties and Clinical Effects of Culinary-Medicinal Mushroom Agaricus blazei Murrill (Agaricomycetideae) (Review). International Journal of Medicinal Mushrooms, v. 4, 299-312, 2002.

MIZUNO, T; HAGIWARA, T; NAKAMURA, T; ITO, H; SHIMURA, K; SUMIYA, T; ASAKURA, A. Antitumor activity and some properties of water-soluble polysaccharides from “ Himematsutake”, the fruiting body of Agaricus blazei Murill. Agricultural and Biological Chemistry, v. 54, n. 11, p. 2889 – 2896, 1990.

NCCLS. Metodologia dos testes de sensibilidade a agentes antimicrobianos por diluição para bactéria de crescimento aeróbico: Norma Aprovada – Sexta Edição; v. 23, nº. 2, 2003.

NOVAES, M. R. C. G; FORTES R. C. Efeitos antitumorais de cogumelos comestíveis da família agaricaceae. Nutr Bras 2005;4(4):207-17.

PESSOA, Jr. A; KILIKIAN, B. V. Purificação de Produtos Biotecnológicos. 1ª ed. Barueri- SP: Manole, 2005.

PIERO, R. M. Potencial dos cogumelos Lentinula edodes (Shitake) e Agaricus blazei (Cogumelo-do-Sol) no controle de doenças em plantas de pepino, maracujá e tomate e a purificação parcial de compostos biologicamente ativos. Universidade de São Paulo – USP. 171 pag. Piracicaba –SP. 2003.

RAVEN, P. H; EVERT, R. F; EICHHORN, S. E. Biologia Vegetal. 7 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.

SILVA, A. C. et al. Utilização de extrato de cogumelo como antioxidante natural em óleo vegetal. Ciência e agrotecnologia, v. 33, n. 4, p. 1103-1108, 2009.

SORIMACHI, K; NAKAMOTO, T. Alternative Medicine Safety: Agaricus blazei and Propolis. Combinatorial Chemistry & High Throughput Screening, v. 14, p. 616-621, 2011.

SOUZA, N. B; CONTESSA, C. R; ALMEIDA, L; MANERA, A. P; MORAES, C. C. Obtenção de compostos antimicrobianos a partir de diferentes espécies de cogumelos comestíveis. Universidade Federal do Pampa. Bagé – RS, 2014.

SOUZA, N. B; CONTESSA, C. R; ALMEIDA, L; MANERA, A. P; MORAES, C. C; Extração e purificação por ultrafiltração de compostos bioativos de Agaricus blazei. Universidade Federal do Pampa. Bagé – RS, 2015.

TRABULSI, L. R. Microbiologia. Rio de Janeiro: Atheneu, 2002.

ZUÑIGA, A. D. G; PEREIRA, J. A. M; COIMBRA, J. S. R; MINIM, L. A; ROJAS, E. E. G. Revisão: Técnicas usadas no processo de purificação de Biomoléculas. Revista B. CEPPA, Curitiba, v. 21, n. 1, p. 61-82, Paraná, 2003.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista do Congresso Sul Brasileiro de Engenharia de Alimentos, Pinhalzinho, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2447-3650.

Classificação Qualis - CAPES:

Ciências Ambientais B5

Engenharias II B5

A Revista CSBEA está indexada nos repositórios Latindex, Livre e Sumários.org

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By