PERCEPÇÃO DOS GESTORES DE INDÚSTRIAS CATARINENSES SOBRE OS FATORES ESTRATÉGIA, ESTRUTURA ORGANIZACIONAL E INCERTEZA AMBIENTAL COM O SISTEMA DE CONTROLE GERENCIAL

salete turra, Taciana Rodrigues de Souza, Carlos Eduardo Facin Lavarda

Resumo


O objetivo do estudo é identificar a percepção dos gestores de indústrias catarinenses sobre os fatores estratégia, estrutura organizacional e incerteza ambiental com o sistema de controle gerencial. Deste modo, realizou-se uma pesquisa descritiva, de levantamento e com abordagem quantitativa. A coleta dos dados ocorreu por meio da aplicação de um questionário com perguntas fechadas, adaptado do estudo de Jokipii (2010). A aplicação do questionário ocorreu no mês de outubro de 2014 e foi disponibilizado em formato eletrônico para gestores da alta escalação e integrantes que desempenhasse as funções de gerentes, diretores e supervisores. A população consiste em todas as indústrias do Estado de Santa Catarina, associadas à Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC). A amostra foi composta 11 respondentes do instrumento de pesquisa aplicado. Os resultados mostram que quanto à estratégia, a maioria concordou que foi prontamente resolvido quando algo excepcional aconteceu com os controles. Quanto à estrutura organizacional, a maioria concordou que as responsabilidades estão descritas e disseminadas, há rotinas para novos funcionários que demonstram compromisso e cumprem com suas atribuições. Quanto à incerteza ambiental, a maioria preveem mudanças no ambiente econômico, nas exigências e atividades de mercado dos concorrentes.  

 


Texto completo:

PDF



Revista mantida pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
Campus Ibirama
® 2019 Direitos Reservados