Análise Iconográfica do Trabalho Escravo no Brasil Mediante uma Pintura de Debret
Reflections on the Work of Black Slaves in Brazil as Portrayed in a Debret Painting

Teresa Cristina de Carvalho Cruz

Resumo


Neste artigo analiso o trabalho escravo negro no Brasil no contexto histórico brasileiro mediante uma imagem de Debret e da utilização da mesma nos livros escolares de História. Procuro demonstrar que nesta imagem reproduzida por Debret, existe uma nítida relação social de domínio e submissão mediante a forma de expressão da postura corporal na imagem representada entre o senhor e o escravo. Demonstro que por meio desta, porém, se propaga uma visão estereotipada do negro escravo no Brasil nos livros escolares de Historia. A análise delineia-se sob o ponto de vista didático-pedagógico dos mesmos e a utilização da imagem de Debret no contexto na qual esta é inserida no livro. Ao abordar o tema sobre escravidão do Brasil, observa-se nos livros de História a abundância de imagens que parecem não querer apenas informar, mas reforçar as condições de vida dos cativos. Nisto, a utilização de imagens de Debret enfatiza o papel do negro na sociedade escravista como objeto ou mercadoria, sendo este representado como se fosse um ser incapaz e passivo. Utilizo esta imagem nesta análise por ser este artista muito conhecido pelos brasileiros. Suas imagens documentam a vida cotidiana do Brasil no século XIX e são muito utilizadas nos livros escolares de História.

Palavras-Chave: Trabalho escravo. Postura Corporal. Domínio e Submissão. Escravidão no Brasil. Debret.

Abstract: Jean Baptiste Debret, the famous French artist, documented the daily life in Brazil during the 19th century in his numerous paintings. These images of colonial and imperial Brazil are commonly used as illustrations in history textbooks. This article analyzes the work of black slaves in Brazil from a pedagogical perspective contextualized within Brazilian history using one of Debret’s paintings. The article also addresses the painting’s use by scholars in history books. The analysis reveals clear social relations of domination and submission between the owner and slave in Debret’s painting. These relations are demonstrated through the expressive form of the corporal posture. There is, however, the propagation of a stereotypical view of black slaves in Brazil.

Key-Words: The Work of Slaves. Corporal Posture. Domination and Submission. Slavery in Brazil. Debret.


Texto completo:

PDF