Processos Criativos em História em Quadrinhos: Descrição das Interações entre Roteirista, Desenhistas e Leitor

Matheus Moura

Resumo


Este artigo versa quanto ao processo criativo coletivo em histórias em quadrinhos (HQs). São destacados quatro trabalhos distintos, produzidos por mim, em parceria com diversos autores. A proposta, então, é a descrição e análise dos processos criativos envolvidos, tendo como base estudos realizados por artistas, como Fayga Ostrower e psicanalistas, como Rollo May; dentre outros. O intuito é mapear e discutir os processos criativos dos autores, como eles se relacionam para construir um sentido comum e como as histórias em quadrinhos autorais se encaixam dentro do conceito de produto artístico. Observamos que, como realização espontânea e conceitual, as HQs são objetos de arte tanto quanto outras manifestações humanas, separadas apenas por interpretações limitantes, uma vez que elas exigem igual envolvimento do autor para com o fazer.

Palavras-chave
Histórias em quadrinhos; processos criativos, autorialidade


Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Indexadores, diretórios e bases de dados

       


Revista Palíndromo - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART

Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001

ISSN 2175-2346


 
A Revista Palíndromo está disponível sob a Licença
Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.