Tecnofobia: mudanças tecnológicas e transformações na percepção humana

Rodrigo Born

Resumo


Arendt classifica o fazer humano em três diferentes categorias: Trabalho, obra e ação. Neste artigo se buscou relacionar estas categorizações com o conceito de tecnologia de diversos autores, tais como Cupani, Dias e Epstein, que indicam que o objeto tecnológico é mais abrangente do que aponta o senso comum. Sendo o objeto tecnológico intimamente relacionado com os conceitos de produção de Arendt, evidenciou-se a importância das tecnologias na condição humana, já que para a autora, esta depende principalmente da capacidade do homem produzir. Neste contexto, se buscou fazer uma relação entre homem e máquina, e as outras relações subjetivas proposta pelo objeto artístico da arte e tecnologia. O artigo analisa o quadro em que o homem se relaciona com a máquina em seu ambiente, construindo através destas relações e influências que permeiam toda a cultura.

Palavras-chave: Novas tecnologias; Corpo e máquina; Medo de tecnologia; Arte e tecnologia.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Indexadores, diretórios e bases de dados

       


Revista Palíndromo - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART

Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001

ISSN 2175-2346


 
A Revista Palíndromo está disponível sob a Licença
Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.