CORPO-BRINCA: O ATO DE BRINCAR E A EXPERIÊNCIA CRIATIVA JUNTO AOS PROCESSOS ARTE-EDUCATIVOS.

Liubliana Moreira Siqueira

Resumo


O presente artigo aborda as relações entre o ato de brincar e a experiência criativa dando destaque a brincadeira como fonte de experiência estética no processo de criação, segundo as concepções de autores como Isabel Marques, Paulo Freire, Tizuko M. kishimoto, Winnicott . Descrevo aqui, o processo metodológico da pesquisa de caráter qualitativo realizada no período 2014 a 2015, com o Grupo de Banda Percussiva Meninos do São João, da cidade de Palmas-To. Este estudo teve como objetivo investigar e registrar quais sentidos o “corpo” assume durante a experiência artística e estética vivenciada para a criação do Espetáculo “DuCampo”, a partir da brincadeira como tema gerador. Os resultados obtidos trazem as falas dos alunos e professores, levantadas nas rodas de conversa, e revelam as diversas significações assumidas pelo corpo na criação do espetáculo passando de corpo-instrumento de experiência para “corpo-expressivo”, “corpo-sensível”, “corpo-ação”, “corpo-brinca”. 


Texto completo:

PDF