MÚSICA AO CAMPO: Uma Proposta de Educação Musical no Campo

Sérgio Pereira da Silva

Resumo


O presente artigo trás uma analise do projeto Música ao Campo, implantado no Assentamento Taquaral, Município de Corumbá-MS. Com uma visão critica sobre conjuntura da Educação Musical na Escola Municipal Rural de Ensino Fundamental e Integral Monte Azul, os caminhos interdisciplinares que a música dialoga na escola e os aspectos históricos com a proposta de Educação Popular. Lançamos um olhar sobre a identidade camponesa e a afirmação desta, numa perspectiva de rompimento de preconceitos históricos criados por uma oligarquia política e social, a organização da comunidade escolar e ações possíveis para o fortalecimento e manutenção do projeto. As experiências com diferentes formações musicais, Orquestra do Campo, Banda de Percussão Monte Azul, Camerata do Campo, duplas de música sertaneja e banda de rock (Química e os Poetas em Chamas).  Um olhar sobre o processo de transição da escola de dois turnos, para o sistema integral e de que maneira este fato alterou o a didática do ensino musical. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/2358092515152016062



Indexadores, diretórios e bases de dados


         

Revista Nupeart - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART

Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001

ISSN 2358-0925 


 
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.