open design e slow fashion para sustentabilidade do sistema moda

Priscilla Boff Ferronato, Carlo Franzato

Resumo


Entre as diversas modalidades de consumo da moda, a fast fashion é muito expressiva. A modalidade caracteriza-se pelo alto impacto ambiental. Logo, o artigo afirma a necessidade de procurar mudanças nas formas de projeto, produção e consumo de moda, propondo o open design como um processo que permite a conscientização do sistema. O open design prevê a abertura do processo de design para múltiplos atores (inclusive os consumidores), o compartilhamento de informações e a construção de conhecimento entre eles. Como resultado, pode levar a modalidades de consumo situadas na cultura slow. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1982615x09012015104

Direitos autorais Priscilla Boff Ferronato, Carlo Franzato

Licença Creative Commons

      http://www.revistas.udesc.br/public/site/images/rocha1/ceart1.png