Articulating the Shape: Transversal Pedagogical Actions for the Construction of Knowledge on Visual Syntax

Maria Antonia Romão da Silva, Maria Celeste Sanches

Resumo


This paper emphasizes the development of the ability to articulate the visual / formal syntax as a fundamental way for the consolidation of project thinking among fashion design students. From an exploratory approach, it integrates two research focuses: the first investigates the self-regulation of learning in project teaching; the second addresses methodological strategies for the development of the ability of compositional synthesis. Thus, the study examines practices for Visual Methodology learning in the Bachelor of Fashion Design course at the State University of Londrina, searching for effective contributions in the experimental creative manipulation and decomposition of visual messages. With that aim, a combination of pedagogical actions (assignments) is analyzed, aiming at proving its didactic efficiency. Results confirm the potential of such actions and self-regulated learning strategies as facilitators of the ability to generate expressive concepts and create artifacts in the field of fashion.


Palavras-chave


Fashion Design, Visual Syntax, Project.

Texto completo:

EN (English)

Referências


ARNHEIM, Rudolf. Arte e Percepção Visual: uma psicologia da visão criadora (edição revista). São Paulo: Cengage Learning, 2016.

AUSUBEL, David P. Aquisição e Retenção do Conhecimento: uma perspectiva cognitiva. Lisboa: Plátano Ed. Técnicas, 2003.

BOMFIM, Gustavo Amarante. Morfologia dos Objetos de Uso: uma contribuição para o desenvolvimento de uma teoria do design. In COUTO, R.M.; FARBIARZ, J.; NOVAES, L. (Orgs.) Gustavo Amarante Bomfim: uma coletânea. Rio de Janeiro: Rio Books, 2014 a. p. 23-32.

CARDOSO, Rafael. Design para um mundo complexo. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

DE BACKER, L.; VAN KEER, H.; VALCKE, M. Exploring evolutions in reciprocal peer tutoring groups' socially shared metacognitive regulation and identifying its metacognitive correlates. Learning and Instruction, v. 38, p. 63-78, 2015. Disponível em: . Acesso em: 25 fev. 2018.

DONDIS, Donis. Sintaxe da linguagem visual. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

GOMES, João F. Gestalt do Objeto: sistema de leitura virtual da forma João Gomes Filho. São Paulo: Escrituras Editora, 2003.

FABRIZ, Sabine et al. Fostering self-monitoring of university students by means of a standardized learning journal—a longitudinal study with process analyses. European Journal of Psychology of Education, v. 29, n. 2, p. 239-255, ago 2013.

FLAVELL, John H. Speculations about the nature and development of metacognition. In: Weinert, F.; Kluwe, R. (Ed.) Metacognition, motivation and understanding. Hillsdale, NJ: Lawrence Erlbaum, 1987, p. 21-29.

JOU, Graciela Inchausti de; SPERB, Tania Mara. A metacognição como estratégia reguladora da aprendizagem. Psicologia: reflexão e crítica. Porto Alegre. Vol. 19, n. 2, p. 177-185. 2006.

KHAIDZIR, Khairul Anwar Mohamed; LAWSON, Bryan. The cognitive construct of design conversation. Research in engineering design, v. 24, n. 4, p. 331-347, 2013.

LAWSON, Bryan. Como arquitetos e designers pensam. São Paulo: Oficina de Textos, 2011.

LEBORG, Christian. Visual grammar. New York: Princeton Architectural Press, 2006.

LESSA, Washington Dias. Linguagem da forma/linguagem visual no âmbito do ensino de design: balizamentos teóricos; tópicos de pesquisa. Arcos Design, Rio de Janeiro, ESDI-UERJ, n. 5, ano 4, n. 2, p. 69-91, dez. 2009.

LUPTON, Ellen; PHILIPS, Jennifer Cole. Novos fundamentos do design. São Paulo: Cosac Naify, 2008.

NIEMEYER, Lucy. Elementos de semiótica aplicados ao design. Rio de Janeiro: 2AB, 2003.

OSTROWER, Fayga. Criatividade e processos de criação. Petrópolis: Vozes, 1999.

ROAM, Dan. Tu mundo en una servilleta. Barcelona: Planeta, 2010.

PALLASMAA, Juhani. La mano que piensa, sabiduría existencial y corporal en la arquitectura. Barcelona: Gustavo Gili, 2015.

SALTZMAN, Andrea. El cuerpo diseñado. Buenos Aires: Paidos, 2004.

SALTZMAN, Andrea. O design vivo. In: PIRES, D. (Org.) Design de moda: olhares diversos. Barueri, SP: Estação das Letras e Cores Editora, 2008. v. 1, Parte III, p. 305-318.

SANCHES, Maria Celeste; SILVA, Maria Antonia Romão da. Project thinking in fashion design: strategies for facilitating cognitive and metacognitive processes. In: Ana Cristina Broega et al. (org) Reverse Design: A Current Scientific Vision From the International Fashion and Design Congress. Leiden – Netherlands: CRC Press - Taylos & Francis Group, 2018. p.551-559.

SANCHES, Maria Celeste de Fátima. Moda e Projeto: estratégias metodológicas em design. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2017.

SANCHES, Maria Celeste de Fátima; MARTINS, Sérgio Regis Moreira. Projetando mensagens visuais: a contribuição das ferramentas de síntese imagética no design de moda. Estudos em Design, v. 23, n. 1, p. 108-117, 2015. Disponível em: . Acesso em: 25 mai. 2019.

SANTOS, Aline Guilherme Maciel et al. Autorregulação da aprendizagem: revisão internacional dos estudos sobre intervenção no ensino superior. In: II Congresso Internacional de Ensino, 2019, Cornélio Procópio. Anais Desafios Educacionais Contemporâneos, Cornélio Procópio: Universidade Estadual do Norte do Paraná, 2019. p. 247-256

SILVA, Maria Antonia Romão da; ALLIPRANDINI, Paula Mariza Zedu. Aprendizagem autorregulada por alunos do curso de Design de Moda: um estudo exploratório. Cadernos de Educação, n. 60, p. 3-19, jul/dez. 2018. Disponível em: . Acesso em: 25 mai. 2019.

SILVA, Maria Antônia Romão et al. A importância da decodificação de informações para a construção de produtos vestíveis: da concepção a produção da modelagem. In: COLÓQUIO DE MODA, 13., 2017, Bauru. Anais... Bauru: UNESP, 2017. P. 1-15.

SOUZA, Patrícia de Mello; SILVA, Maria Antônia Romão da. A Concepção da Forma no Processo Projetual de Design: uma ação pedagógica coletiva. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, v. 1, n. 2, p. 116-130, 2018. Disponível em: . Acesso em: 28 mai. 2019

SOUZA, Patrícia e Mello. A moulage, a inovação formal e a nova arquitetura do corpo. In: PIRES, D. (Org.) Design de moda: olhares diversos. Barueri, SP: Estação das Letras e Cores, 2008. v. 1, Parte III, p. 337-345.

WHITEBREAD, David et al. The development of two observational tools for assessing metacognition and self-regulated learning in young children. Metacognition and Learning, v. 4, n.1, p. 63–85, 2009. Disponível em: . Acesso em: 30 mai. 2019

WONG, Wucius. Princípios de forma e desenho. 2.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010.




DOI: https://doi.org/10.5965/1982615x13272020235

Direitos autorais Maria Antonia Romão da Silva, Maria Celeste Sanches

Licença Creative Commons

      http://www.revistas.udesc.br/public/site/images/rocha1/ceart1.png