A importância do ensino da matemática na educação infantil

Pamela Paola Leonardo, Roger Miarka, Tatiana Comiotto Menestrina

Resumo


O presente artigo tem como objetivo discutir a importância e a presença do ensino da matemática na Educação Infantil, destacando sua colaboração para o desenvolvimento integral da criança, através de seu potencial integrador que possibilita à criança a construção do seu próprio conhecimento à luz de um referencial piagetiano. Para isso, buscamos ressaltar as recomendações e orientações didáticas do Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil, com o intuito de ampliar a visão dos educadores sobre o currículo de Matemática na Educação Infantil. Por fim, indicamos uma metodologia coerente com o referencial adotado, a dizer, a Resolução de Problemas, por explorar as potencialidades do raciocínio lógico matemático das crianças, oportunizando a descoberta e tornando-as agentes de sua aprendizagem. 


Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, S. R., VIÉGAS, R. F., TRISTÃO, A. M. Políticas de avaliação do ensino básico: A educação matemática no Brasil. Pesquisa em Debate, Ed. Especial, 2009. Disponível em: < http:// www.pesquisaemdebate.net/docs/pesquisaEmDebate10.pdf>. Acessado em: 23 abr. 2013.

AZEVEDO, P. D. PASSOS, C. L. B. Professores da Educação Infantil discutindo a Educação Matemática na infância: o processo de constituição de um grupo. Matemática e Educação Infantil: Investigações e possibilidades de práticas pedagógicas: In.CARVALHO, Mercedes; Bairral, Marcelo Almeida. Petrópolis, RJ:Vozes, 2012.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Referenciais Curriculares Nacionais de Educação Infantil. vol. 3. Brasília: 1998. Disponível em < http://portal.mec.gov.br/ >. Acessado em: 01 fev. 2013.

CARVALHO, M. et al. Matemática e educação infantil: investigações e possibilidades de praticas pedagógicas. Rio de Janeiro. Vozes, 2012.

CERQUETTI-ABERKANE, F. O ensino da matemática na educação infantil. Porto Alegre. Artes Médicas, 1997.

GOULART, I. B. Piaget: experiências básicas para utilização pelo professor. Petrópolis: Vozes, 1996.

KAMII, C; DEVRIES, R. A Criança e o Número: implicações educacionais da teoria de Piaget para a atuação junto a escolares de 4 a 6 anos. Campinas, Papirus, 1990.

KRAMER, S. et al. Infância e Educação Infantil. Campinas. Papirus, 1999.

LORENZATO, S. Educação Infantil e percepção matemática. Campinas: Autores Associados, 2008.

MOURA, M. et al. A atividade orientadora de ensino como unidade entre ensino e aprendizagem. In: MOURA, Manoel Oriosvaldo de (Coord.). A atividade pedagógica na teoria histórico-cultural. Brasília. Líber, 2010.

MOURA, M. Matemática na infância. In: MIGUEIS, M. R.; AZEVEDO, M. G. (Org.). Educação Matemática na infância: abordagens e desafios. Vila Nova de Gaia. Gailivro, 2007.

OLIVEIRA, Z. Educação Infantil: muitos olhares. São Paulo. Cortez, 2010.

PIAGET, J. Psicologia e Pedagogia. Rio de Janeiro. Forense Universitária, 1976.

PIAGET, J. A Epistemologia Genética. Petrópolis, 1970.

PIAGET, J. Seis estudos de psicologia. 9ª ed. Rio de Janeiro. Forense Universitária, 1978.

PREDIGER, Juliane; BERWANGER, Luana; MORS, Marlete Finke. Relação entre aluno e matemática: Reflexões sobre o desinteresse dos estudantes pela aprendizagem desta disciplina. Revista destaques acadêmicos, ano. 1, n. 4, p. 23-33, 2009. Disponível em: < http://www.univates.br/revistas/index.php/destaques/article/viewFile/489/346>. Acesso em: 5 mai. 2013.

RIGON, Algacir José; ASBAHR, Flávia da Silva Ferreira; MORETTI, Vanessa Dias. Sobre o processo de humanização. In: MOURA, Manoel Oriosvaldo (Coord.). A atividade pedagógica na teoria histórico-cultural. Brasília. Líber, 2010.

RUIZ, Adriano Rodrigues. A matemática, os matemáticos, as crianças e alguns sonhos educacionais. Ciência & Educação, v. 8, n. 2, p. 217-225, jun, 2002. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ciedu/v8n2/06.pdf >. Acesso em: 4 mai. 2013.

SABER, M. Piaget: O diálogo com a criança e o desenvolvimento do raciocínio. São Paulo. Scipione, 1997.

SILVA, I. Formação de conceitos matemáticos na educação infantil na perspectiva historio-cultural. 2010. 180f. Tese (mestrado) – Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia 2010.

SMOLE, K. A matemática na educação infantil: a teoria das inteligências múltiplas na prática escolar. Porto Alegre. Artes Médicas, 2000.

ZUFFI, Edna Maura; ONUCHIC, Lourdes de La Rosa. O ensino-aprendizagem de matemática através da resolução de problemas e os processos cognitivos superiores. Revista iberoamericana de educación matemática. n. 11, p.79-97, 2007. Disponível em:< http://www.fisem.org/web/union/revistas/11/Union_011_009.pdf>. Acessado em: 12 fev. 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.