O lúdico como uma tecnologia do desejo na Educação Matemática Escolar

Alice Stephanie Tapia Sartori, Claudia Glavam Duarte

Resumo


Este artigo tem como objetivo problematizar o uso de atividades lúdicas, entendidas aqui como tecnologias do desejo, na Educação Matemática Escolar. O lúdico pode ser compreendido como uma forma de governamento do sujeito que se estende à escola, do mesmo modo como o desejo atravessa esta instituição e as relações na sociedade, tornando-se também um modo de governamento. Para discutir tais questões se faz necessário comentar alguns conceitos empregados por Michael Foucault como os de governamento, poder, tecnologia e subjetivação. O entrelaçamento dos conceitos lúdico e desejo na Educação Matemática Escolar é apresentado a partir de uma análise dos enunciados presentes nos anais do XI ENEM (Encontro Nacional de Educação Matemática). Por meio deste estudo propomos a possibilidade de pensar em outros modos de conceber nossas práticas pedagógicas, bem como as pesquisas no campo da Educação Matemática.


Texto completo:

PDF

Referências


BAUMAN, Zygmunt. Vida para consumo: a transformação de pessoas em mercadoria. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008.

______. Vida líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2007.

BROUGÈRE, Gilles. Jogo e educação. Porto Alegre: Artes médicas, 1998.

BUJES, Maria Isabel. Infância e Maquinarias. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

CASTRO, Edgardo. Vocabulário de Foucault — um percurso pelos seus temas, conceitos e autores. Tradução de Ingrid Muller Xavier; revisão técnica de Alfredo Veiga-Neto e Walter Omar Kohan. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

DUARTE, Claudia Glavam. A “realidade” nas tramas discursivas da educação matemática escolar. Tese (doutorado) — Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-Graduação em Educação, São Leopoldo, RS, 2009.

FENDLER, Lynn. Qué es imposible pensar? Uma genealogia del sujeto educado. In: POPKEWITZ, Thomas, S.; BRENNAN, Marie (comp.). El Desafio de Foucault: discurso, conocimiento y poder em la educación. Barcelona: Pomares-Corredor, 2000.

FOUCAULT, Michael. A arqueologia do saber. Tradução de Luiz Felipe Baeta Neves, - 7ed. Rio de janeiro: Forense Universitária, 2008.

______. Vigiar e Punir: nascimento da prisão. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

GALLO, Sílvio. Sob o signo da diferença: em torno de uma educação para a singularidade. SILVEIRA. Rosa Hessel (Org). Cultura, Poder e Educação: um debate sobre os estudos culturais. Ed. ULBRA, p. 213-223, 2011.

GOUVEIA, Carolina Augusta Assumpção. O Laboratório Dos Jogos: Metodologia E Primeiros Resultados. In: Anais XI Encontro Nacional de Educação Matemática. XI ENEM. Curitiba, 2013.

HUIZINGA, Johan. Homo ludens: o jogo como elemento da cultura. Trad. J. P. Monteiro. 4. ed. São Paulo: Perspectiva, 1993.

JACONBSEN, Daniela Renata; MAFFEI, Letícia De Queiroz; SPEROTTO, Rosária Ilgenfritz. Jogos Eletrônicos: Um Artefato Tecnológico Para O Ensino E Para A Aprendizagem. In: Anais XI Encontro Nacional de Educação Matemática. XI ENEM. Curitiba, 2013.

KAYSER, Marcos. A mecânica do desejo no desencadeamento da ação no Leviatã de Thomas Hobbes. Dissertação de mestrado. São Leopoldo, 2006.

LA BOÉTIE, Etiene de. Discurso da servidão voluntária. São Paulo, Escuta, 1987.

MONZANI, Luiz Roberto. Desejo e prazer na idade moderna. 2. Ed. rev. – Curitiba: Champagnat: 2011.

NOGUERA-RAMÍREZ, Carlos. Pedagogia e governamentalidade ou Da Modernidade como uma sociedade educativa. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

PASUCH, Alexssandra; BARBOZA, Jennifer Valleriano; BASSANI, Luana Tais. A Utilização Do Lúdico No Processo De Ensino-Aprendizagem De Frações. In: Anais XI Encontro Nacional de Educação Matemática. XI ENEM. Curitiba, 2013.

POLONI, Marinês Yole; COSTA, Nielce Meneguelo Lobo Da. Formação Continuada De Professores E O Uso De Jogos No Ensino De Trigonometria. In: Anais XI Encontro Nacional de Educação Matemática. XI ENEM. Curitiba, 2013.

POUGY, Eliana Gomes Pereira. Jogo, Arte e Educação: procedimentos de governamentalidade e práticas de liberdade. XXI Encontro Estadual de História –ANPUH-SP - Campinas, setembro, 2012.

SILVA, Kamila Gelio Rossi; MORETTI, Vanessa Dias. Educação Matemática no Primeiro ano do ensino fundamental: onde está o brincar? In: Anais XI Encontro Nacional de Educação Matemática. XI ENEM. Curitiba, 2013.

VEIGA-NETO, Alfredo. Governo ou governamento. Currículo sem Fronteiras, v. 5, n. 2, p. 79-85, 2005.

ZIECH, Ronei Osvaldo; SANTOS, Angélica Theis Dos; VARGAS, Cláudia Müller; GIROTTO, Cristina. O Lúdico Como Recurso Didático-Pedagógico No Ensino-Aprendizagem Da Matemática. In: Anais XI Encontro Nacional de Educação Matemática. XI ENEM. Curitiba, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.