Diálogo em sala de aula de Matemática: uma forma de comunicação na cooperação investigativa

Edmilson Minoru Torisu

Resumo


A comunicação em sala de aula é um importante assunto que deve ser discutido nos estudos em Educação e, em particular, nos estudos em Educação Matemática. A justificativa para tal afirmação é que a qualidade da comunicação relaciona-se à qualidade da aprendizagem. Nesse sentido, quando o foco é a sala de aula de Matemática, a discussão pode voltar-se para novas possibilidades de organização desse espaço que privilegiem uma forma de comunicação na qual os alunos possam ser mais ativos no processo de aprendizagem. Na primeira parte do texto é apresentada a ideia de cooperação investigativa como uma dessas possibilidades e o diálogo, da maneira como o definimos no texto, como uma forma interessante de comunicação. Na segunda parte são apresentados resultados de uma aula investigativa em que foram destacados atos dialógicos entre pesquisador e um grupo de 4 alunos de uma turma do nono do ensino público fundamental.

 


Texto completo:

PDF

Referências


ALRØ, Alrø; SKOVSMOSE, Ole. Diálogo e aprendizagem em Educação Matemática. 2a edição. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

ARAÚJO, Jussara L. Um diálogo sobre comunicação na sala de aula de Matemática. Veritati. Salvador, n. 04, p. 81-93, 2004.

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Lisboa: Porto Editora, 1994.

LEONTIEV, Alexei. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Horizonte Universitário, 1978.

MARTINHO, Maria Helena; PONTE, João Pedro da. Comunicação na sala de aula de Matemática: práticas e reflexão de uma professora de Matemática. In: BROCARDO, J. ; MENDES, F.; BOAVIDA, A. M., eds. Actas do XVI Seminário de Investigação em Educação Matemática, Évora, 2005. Setubal : APM, 2005.

VIGOTSKI, Lev S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

________. Concrete human psychology. Soviet Psychology, XXVII (2), 1989, pp. 53-77.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.